Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Acionistas da Tesla aprovam pagamento de US$ 56 bilhões a Elon Musk

    Remuneração é a maior da história corporativa dos EUA

    O CEO da Tesla, Elon Musk
    O CEO da Tesla, Elon Musk REUTERS/Brendan McDermid

    Reuters

    Os acionistas da Tesla aprovaram o pacote de remuneração de US$ 56 bilhões do CEO Elon Musk, informou a fabricante de veículos elétricos nesta quinta-feira (13), um grande sinal de aprovação à sua liderança e um incentivo ao empresário para manter seu foco em sua maior fonte de riqueza.

    Os acionistas também aprovaram uma proposta para mover a sede legal da empresa de Delaware para o Texas, disse a Tesla em sua reunião anual de acionistas em Austin, Texas. Musk havia sugerido na noite de quarta-feira (12) que as propostas estavam recebendo um grande apoio e agradeceu aos acionistas.

    O presidente-executivo da Tesla ainda pode enfrentar uma longa disputa judicial para convencer um juiz de Delaware que invalidou o pacote, descrevendo-o como “incompreensível”.

    Ele também pode enfrentar novas ações judiciais relacionadas à remuneração, que seria a maior da história corporativa dos Estados Unidos.

    A aprovação dos acionistas para a compensação serve tanto como um endosso ao mandato de Musk quanto como um reconhecimento de que os investidores não querem arriscar o futuro da empresa.