Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Celebration Tour pode ser 3ª maior turnê da Madonna; veja lista das mais lucrativas

    Turnê caminha para um faturamento total que pode chegar a US$ 245 milhões, com 1,2 milhão de ingressos vendidos

    Madonna se apresenta no Rio de Janeiro no dia 4 de maio
    Madonna se apresenta no Rio de Janeiro no dia 4 de maio Kevin Mazur/WireImage para Live Nation

    João Nakamurada CNN* São Paulo

    US$ 1,2 bilhão em 40 anos de carreira. Esta é a estimativa que a Forbes dá para o faturamento de todas as turnês da cantora norte-americana Madonna.

    E o valor pode bater US$ 1,5 bilhão com a atual turnê “Celebration Tour”, que se encerra neste sábado (4) com um show gratuito na praia de Copacabana.

    A princípio com 38 apresentações marcadas na América do Norte e na Europa, a turnê cresceu com a alta demanda, chegando a 81 apresentações.

    Desse modo, a “Celebration Tour” caminha para um faturamento total que pode chegar a US$ 245 milhões, com 1,2 milhão de ingressos vendidos.

    Se as apostas se concretizarem, esta seria a terceira maior turnê de Madonna em termos de renda. Confira a lista:

    1. Sticky & Sweet Tour (2008-09): faturou US$ 407,7 milhões, com 3,5 milhões de ingressos vendidos ao longo de 85 apresentações;
    2. MDMA Tour (2012): US$ 305,2 milhões, cerca de 2,2 milhões de ingressos e 88 apresentações (a maior turnê em quantidade de shows);
    3. Celebration Tour (2023-24): expectativa da Billboard entre US$ 240 milhões e US$ 245 milhões, 1,2 milhão de ingressos e 81 apresentações;
    4. Confessions Tour (2006): US$ 194,7 milhões, 1,2 milhão de ingressos e 60 apresentações;
    5. Rebel Heart Tour (2015-16): US$ 169,8 milhões, 1,05 milhão de ingressos e 82 apresentações.

    Os números da etapa europeia da atual turnê estão disponíveis, mostrando que a Rainha do Pop arrecadou US$ 77,5 milhões e vendeu 429.000 ingressos pelo continente, segundo a Billboard.

    Ao comparar os números da passagem pela Europa da “Celebration” com a da “Rebel Heart”, Madonna teve uma alta de 9% em público e 70% em arrecadação média.

    Analisando a relação entre os shows europeus de Madonna e os shows na América do Norte na Rebel Heart Tour, a Billboard projetou que a atual turnê deve faturar US$ 150 milhões com 650.000 ingressos nos EUA e no Canadá.

    Juntando os demais shows realizados no México, o cálculo chega aos US$ 245 milhões projetados.

    Atualmente, a Forbes projeta a fortuna de Madonna em US$ 580 milhões, a colocando entre os artistas mais ricos do mundo.