Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Jeff Bezos desbanca Elon Musk e retoma posto de pessoa mais rica do mundo

    CEO da Tesla perdeu cerca de US$ 31 bilhões ao longo de 2023, enquanto fundador da Amazon ganhou US$ 23 bilhões

    O fundador da Amazon, Jeff Bezos
    O fundador da Amazon, Jeff Bezos Alex Wong/Getty Images

    Ramishah Marufda CNN*

    Nova York

    Jeff Bezos recuperou o título de pessoa mais rica do planeta, ultrapassando Elon Musk, de acordo com o Índice de Bilionários Bloomberg na segunda-feira (4).

    O patrimônio líquido do fundador da Amazon era de US$ 200 bilhões (R$ 989,64 bilhões), enquanto Musk vinha em seguida com US$ 198 bilhões (R$ 979,74 bilhões).

    Musk perdeu cerca de US$ 31 bilhões (R$ 153,39 bilhões) ao longo de 2023, enquanto Bezos ganhou US$ 23 bilhões (R$ 113,81 bilhões), de acordo com o índice.

    As ações da Tesla caíram mais de 7% na segunda-feira.

    Musk havia recuperado o título de pessoa mais rica do mundo em 2023, superando o CEO da LVMH, Bernard Arnault, que dirige um dos maiores conglomerados do mundo e inclui marcas como Louis Vuitton, Dior e Celine.

    Os três multibilionários – Musk, Arnault e Bezos – competem entre si pelo primeiro lugar há meses. Arnault manteve o título enquanto a sua riqueza aumentava devido a um boom nas vendas de bens de luxo que ajudou a aumentar o preço das ações da LVMH.

    No início deste ano, um juiz do tribunal do estado de Delaware rejeitou o pacote salarial de Musk de 2018 – no valor de mais de US$ 50 bilhões – que ajudou a torná-lo uma das pessoas mais ricas do mundo. As ações da Tesla também caíram cerca de 24% no acumulado do ano.

    É claro que o título de pessoa mais rica do planeta muda a cada poucos meses, dependendo do desempenho dos mercados.

    Musk e Arnault ainda detêm muita riqueza – desde 2020, o patrimônio líquido das cinco pessoas mais ricas do planeta disparou 114%, para um total de US$ 869 bilhões (R$ 4,3 trilhões), depois de ter em conta a inflação, de acordo com o relatório anual sobre desigualdade da Oxfam.

    *Com informações de Michelle Toh, Tami Luhby e Chris Isidore da CNN Internacional

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original