Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Shopee reduz quase 90% prejuízo por pedido no Brasil no 4º tri

    Melhoria é de 88,9%, com perda de US$ 0,05

    A companhia asiática também se certificou para o programa do governo federal Remessa Conforme
    A companhia asiática também se certificou para o programa do governo federal Remessa Conforme 22/03/2019 - REUTERS/Stringer

    Reuters

    A Shopee viu seu prejuízo por pedido no quarto trimestre ser quase 90% menor em relação ao mesmo período do ano anterior, com melhor margem de contribuição no Brasil, segundo balanço da controladora da companhia, Sea, publicado nesta segunda-feira (4).

    A empresa de comércio eletrônico apurou perda de US$ 0,05 por pedido realizado no Brasil no último trimestre de 2023, uma melhoria de 88,9% sobre um ano antes.

    No ano, a Sea, sediada em Cingapura, teve seu primeiro lucro anual desde a abertura de capital da companhia, de US$ 162,7 milhões, revertendo prejuízo de US$ 1,7 bilhão em 2022.

     

     

    “Estou feliz em compartilhar que alcançamos nosso primeiro ano completo de lucro anual desde nosso IPO”, disse o presidente-executivo da Sea, Forrest Li, no balanço.

    O resultado trimestral do grupo, no entanto, foi negativo, com prejuízo líquido de US$ 111,6 milhões, contra lucro líquido de US$ 422,8 milhões no quarto trimestre de 2022.

    O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado da companhia somou 126,7 milhões de dólares no quarto trimestre, versus 495,7 milhões um ano antes.

    A divisão de e-commerce da empresa tem expandido sua atuação no Brasil nos meses recentes. Em fevereiro, a Shopee inaugurou seu décimo centro de distribuição do Brasil.

    A companhia asiática também se certificou para o programa do governo federal Remessa Conforme, que oferece isenção do Imposto de Importação para compras de até US$ 50 vindas do exterior.