Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    No novo sedã da BMW, motoristas mudam de faixa usando apenas os olhos

    Sistema opcional Highway Assistant permite que os motoristas percorram longas distâncias sem tocar no volante ou nos pedais

    Nos EUA, o novo BMW Série 5 estará disponível a partir de outubro em várias versões
    Nos EUA, o novo BMW Série 5 estará disponível a partir de outubro em várias versões Divulgação/ BMW

    Peter Valdes-Dapenada CNN

    No novo sedã BMW Série 5, revelado na quarta-feira (24) pela montadora alemã de carros de luxo, os motoristas poderão mudar de faixa apenas olhando para o lado.

    O sistema opcional Highway Assistant permite que os motoristas percorram longas distâncias sem tocar no volante ou nos pedais. Na verdade, recurso semelhante já vem sendo oferecido por várias das grandes montadoras, mas a BMW acrescenta uma nova e inovadora funcionalidade: os motoristas poderão mudar de faixa apenas olhando para um dos espelhos retrovisores.

    Mudanças de faixa automatizadas são possíveis em muitos sistemas, mas, normalmente, o motorista tem que, ou solicitá-las, ou concordar com a sugestão do carro para uma mudança de faixa, usando manualmente o sinal de seta da direção.

    Com o novo sistema da BMW, se o sistema de condução automatizado do veículo sugerir uma mudança de faixa — digamos, se o carro à frente está indo muito devagar — o motorista só precisa olhar para o espelho lateral correspondente e o carro fará o resto. O sistema conta com uma câmera montada atrás da direção para monitorar a direção do olhar do motorista.

    A mesma câmera também verifica se o condutor está observando a estrada o tempo todo. Se descobrir que ele não está, os avisos piscam no interior do automóvel e, se necessário, o sistema é interrompido. Caso o condutor parecer estar incapacitado, por exemplo, o veículo vai diminuir a velocidade até parar e as luzes de perigo vão se acender.

    Outra observação: se o automóvel não sugerir, sozinho, uma mudança de faixa, o motorista pode solicitar a troca tocando no sinal da seta de direção para indicar para qual lado quer ir.

    Os sensores detectam quando há espaço livre suficiente na outra faixa e nenhum outro veículo se aproximando em alta velocidade nesse lado. Se estiver tudo livre, o carro se moverá. O sistema pode funcionar a velocidades de até 136 quilômetros por hora.

    Nos EUA, o novo BMW Série 5 estará disponível a partir de outubro em várias versões a gasolina com motores de quatro e seis cilindros e com um modelo totalmente elétrico. A versão elétrica, chamada i5 eDrive40, custará no país US$ 67 mil (cerca de R$ 335 mil) no modelo de entrada, e terá autonomia média de 470 quilômetros.

    Já as versões híbridas plug-in do carro estarão à venda apenas no ano que vem.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original