Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Accountability: entenda o que é, importância e como aplicar nas empresas

    Mesmo sem uma tradução específica, a palavra tem sido cada vez mais comum nos ambientes corporativos

    Accountability: entenda o que é, conceito e por que aplicar nas empresas

    Da CNN, em São Paulo *

    Você já ouviu a palavra accountability? Trata-se de um termo que só existe no inglês, sem tradução direta para o português ou outras línguas.

    Mesmo sem uma tradução específica, a palavra tem sido cada vez mais comum nos ambientes corporativos e descreve um conceito relacionado à transparência, prestação de contas e responsabilidade.

    Entenda o conceito de accountability, conheça a sua importância para as empresas e saiba como implementá-lo a seguir.

    O que é accountability?

    O que é accountability?
    / O que é accountability?

    Accountability é um termo inglês utilizado para descrever as práticas relacionadas à prestação de contas.

    O conceito também tem um entendimento mais amplo, sendo muitas vezes utilizado como sinônimo de controle, responsabilidade, transparência e fiscalização.

    No campo organizacional, o termo se refere a tarefas de responsabilidade interna e a sua aplicação tem como objetivo garantir mais transparência a essas atividades.

    É um conceito comum na gestão pública e no ambiente corporativo de maneira geral, desde o RH até as técnicas de gestão de pessoas e desenvolvimento da cultura organizacional.

    Quais são os objetivos do accountability?

    Na prática, os objetivos desse método dentro das empresas são voltados para a otimização de tarefas e melhoria geral dos resultados.

    Dentre as principais finalidades do conceito, podemos citar:

    • melhorar a gestão de crises;
    • otimizar a tomada de decisões;
    • incentivar a proatividade na equipe;
    • tornar a comunicação mais eficiente;
    • trazer agilidade para a resolução de problemas;
    • reconhecer e valorizar o comprometimento dos colaboradores;
    • estabelecer um ambiente seguro para trocas e desenvolvimento coletivo.

    Os pilares do accountability

    Como forma de explicar melhor esse termo inglês e suas aplicações práticas, três autores se juntaram para escrever o livro “O Princípio de Oz: Como usar o accountability para atingir resultados excepcionais”.

    Na publicação, Roger Connors, Tom Smith e Craig Hickman definem o termo como “um senso (individual ou coletivo) de responsabilidade por resultados”.

    Além disso, os autores descrevem quatro pilares principais para o uso do conceito no dia a dia, válidos para implementação em ambientes corporativos ou para uso pessoal.

    Conheça os pilares a seguir.

    See it

    O primeiro pilar significa “veja” na tradução literal para o português, e o nome descreve a função dessa etapa inicial: enxergar e reconhecer o problema.

    A ideia deste pilar é identificar pontos de melhoria, tanto em relação aos processos como ao alinhamento das operações com a política interna da empresa.

    Neste momento, é importante ouvir o feedback dos colaboradores , que vivenciam as tarefas diariamente e podem notar gargalos com maior facilidade.

    Own it

    O segundo pilar pode ser traduzido como “assuma”, o que significa que o próximo passo é assumir as responsabilidades diante das dificuldades e pontos de melhoria encontrados.

    Esse processo é essencial para identificar maneiras eficientes de aprimorar as tarefas e encontrar soluções mais assertivas para os problemas.

    Solve it

    Na tradução para o português, o terceiro pilar do conceito pode ser traduzido como “resolva”.

    Ou seja, esse é o momento de encontrar uma solução viável para colocar em prática posteriormente.

    Para definir prioridades e entender o que precisa ou não ser feito, o livro compartilha algumas dicas com os leitores, como, por exemplo:

    • tome iniciativa;
    • persista para alcançar seus objetivos;
    • construa relacionamentos e crie novas ligações;
    • procure opiniões diferentes da sua para pensar de outra forma.

    Do it

    O quarto e último pilar do conceito é o “faça”, na tradução para o português. Este é o momento de colocar o planejamento em ação.

    Depois de identificar os problemas e analisar a melhor forma de solucioná-los, é necessário implementar as mudanças para ver os resultados.

    Tipos de accountability

    Tipos de accountability / Foto: Pexels/Jonathan Borba
    / Tipos de accountability / Foto: Pexels/Jonathan Borba

    Quando definimos o que é accountability nas empresas, é importante entender que existem dois tipos de conceito: o vertical e o horizontal.

    Conheça as principais características de cada modelo e as diferenças entre eles.

    Accountability vertical

    No modelo vertical, a organização tem uma relação hierárquica, com profissionais ocupando cargos de chefia, responsáveis por liderar os colaboradores.

    Diante dessa estrutura, o processo de responsabilização e do controle acontece “de cima para baixo”.

    Isso significa que as ordens, demandas e cobranças são direcionadas da liderança para os colaboradores.

    Accountability horizontal

    O modelo horizontal preza por um processo mais integrado e coletivo, com participação de todos os profissionais de maneira igualitária.

    Neste tipo de estrutura, lideranças e colaboradores costumam trabalhar em conjunto, com compartilhamento de ideias.

    Casos em que o trabalho de um colaborador ou de um setor afetam diretamente nas atividades de outros profissionais ou departamentos, por exemplo, podem ser beneficiados pelo método horizontal.

    Accountability X responsabilidade: quais são as diferenças?

    Apesar de existir uma relação, esses dois conceitos apresentam características diferentes entre si.

    Quando pensamos no ambiente corporativo, a responsabilidade fala sobre a capacidade dos profissionais em cumprir suas obrigações, seguindo os prazos, as normas e os processos estabelecidos para elas.

    O conceito de accountability, como vimos, tem a responsabilidade como uma de suas práticas, mas o conceito vai além disso e se refere a um conjunto de ações no dia a dia da empresa.

    Além da responsabilidade, essas condutas também estão relacionadas ao controle, à transparência e à prestação de contas. Por isso, é possível identificar uma concepção mais ampla nessa postura accountable.

    Qual é a importância do accountability para as empresas?

    Ao trazer esse conceito para dentro da empresa, gestores e colaboradores conseguem observar diversos benefícios, tanto individuais quanto coletivos.

    Como vimos, a ação de assumir a responsabilidade sobre falhas – e também sobre acertos – aliada a transparência é um caminho para identificar problemas mais rapidamente e simplificar a tomada de decisões.

    Entre outros benefícios de uma atitude mais accountable, podemos destacar:

    • melhoria no desempenho das lideranças;
    • objetivos alcançados com maior facilidade;
    • maior incentivo e engajamento dos colaboradores;
    • incentivo a transparência nos processos e na comunicação;
    • desenvolvimento de um ambiente aberto a falhas e inovação.

    Para promover essa cultura e conquistar as suas vantagens, é importante incentivar a coragem de assumir a responsabilidade para si.

    Um líder que abre espaço para o compartilhamento de ideias, por exemplo, tende a expandir as visões para solucionar problemas e buscar novas oportunidades para o negócio.

    Accountability na gestão pública

    Na gestão pública, o conceito está muito ligado à transparência e à prestação de contas dos órgãos e instituições públicas para a sociedade.

    O objetivo é incentivar a participação social ativa, bem como demonstrar, esclarecer e justificar as ações do poder público aos cidadãos, uma vez que as autoridades têm como função representar os interesses coletivos.

    Além disso, o conceito reforça a importância de que os agentes públicos mantenham uma conduta accountable, assumindo suas responsabilidades, tanto nos erros, quanto nos acertos.

    É um conjunto de ações para garantir que a sociedade tenha acesso às informações governamentais, passo importante para a participação dos cidadãos.

    Mecanismos de accountability no Brasil

    Mecanismos de accountability no Brasil Foto: Carolina Antunes/PR
    / Mecanismos de accountability no Brasil Foto: Carolina Antunes/PR

    No contexto da gestão pública brasileira, os exemplos de mecanismos ligados a essa postura accountable são claros e mostram essa busca pela transparência.

    Entre eles, a Lei de Acesso à Informação (LAI), criada em 2011, é uma das principais garantias do cidadão sobre o acesso a dados públicos. O direito é aplicável aos três poderes da União: Executivo, Legislativo e Judiciário.
    Desde então,surgiu também a expressão “governo aberto”.

    Na declaração do governo aberto, os membros demonstram o comprometimento com a disponibilidade de informações, apoio à participação cívica, implementação de “altos padrões éticos e códigos de conduta para seus funcionários públicos” e ampliação do acesso a novas tecnologias para prestação de contas.

    Além da LAI, outros mecanismos constitucionais que visam maior acessibilidade a dados públicos são os portais da transparência e o processo de abertura de dados governamentais.

    Como aplicar o accountability?

    A implementação do conceito varia de acordo com as necessidades e o momento de cada empresa, mas existem alguns pontos básicos para a operação.

    Dentro de uma organização, é preciso ter um planejamento estratégico antes de colocar qualquer mudança em ação e isso também vale para a aplicação deste conceito.

    Veja os principais passos para uma execução bem sucedida:

    • esclareça as expectativas com toda a equipe;
    • determine metas e objetivos claros;
    • defina os meios para alcançá-los;
    • monitore os resultados;
    • incentive o feedback.

    Seguindo as características desse perfil accountable, é importante manter a transparência em todos os processos. Por isso, seja claro e alinhe as metas e os objetivos com a equipe.

    Confira as últimas notícias de economia na CNN

    Resumo

    A aplicação do conceito de accountability é uma parte crítica de qualquer organização privada e também no setor público.

    O termo, que não tem uma tradução específica para a língua portuguesa, tem sido cada vez mais utilizado nesses ambientes.

    Ao responsabilizar as organizações perante seus cidadãos, é possível garantir que elas estejam atendendo às necessidades do público.

    O conceito, como vimos, é amplo e vai muito além da responsabilidade, referindo-se a um conjunto de ações essenciais para o controle, a transparência e a prestação de contas.

    Para que a sua implementação seja eficaz, é necessário ter os pilares do conceito como base, bem como prezar pela clareza nos processos.

    Dentro das empresas, adotar uma postura accountable pode trazer diversos benefícios, que vão desde o engajamento dos colaboradores até a identificação de soluções com maior agilidade.

    Tópicos

    Tópicos