Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Primeiro lote de restituição do imposto de renda 2023 vai pagar R$ 7,5 bilhões, maior valor da história

    Consulta será liberada às 10h da quarta-feira (24)

    Prazo para a entrega da declaração do exercício 2022 termina em 31 de maio
    Prazo para a entrega da declaração do exercício 2022 termina em 31 de maio Marcello Casal Jr./Agência Brasil

    Samantha Kleinda CNN

    Brasília

    A Receita Federal libera, na próxima quarta-feira (24), a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda (IRPF) 2023, contemplando mais de 4,1 milhões de contribuintes. O valor a ser pago será o maior da história da Receita, um total de R$ 7,5 bilhões em crédito. Os contribuintes poderão fazer a consulta a partir da 10h no site da instituição.

    O lote contempla a declaração do IR 2022/2023 e restituições residuais de exercícios anteriores. O crédito bancário será realizado no dia 31 de maio, que também é o último dia para a entrega da declaração de ajuste deste ano. Até as 12:36 desta segunda (22), mais de 27 milhões de declarações foram entregues.

     

    O primeiro lote inclui contribuintes que têm prioridade:

    – 246.013 contribuintes idosos acima de 80 anos;
    – 2.464.031 contribuintes entre 60 e 79 anos;
    – 163.859 contribuintes com alguma deficiência física ou mental;
    – 1.052.002 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério;
    – 204.020 contribuintes que optaram por receber a restituição via PIX

    Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”.

    Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.