Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Relatores do marco fiscal buscam consenso no Congresso para aprovar proposta esta semana no Senado

    Senador Omar Aziz (PSD-AM) se reúne nesta terça-feira (20) com o deputado federal Cláudio Cajado (PP-BA)

    Senadores pretendem votar a proposta na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) nesta terça-feira
    Senadores pretendem votar a proposta na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) nesta terça-feira Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Tainá Farfanda CNN

    Em Brasília

    O relator do novo marco fiscal no Senado Federal, Omar Aziz (PSD-AM), deve se reunir na manhã da terça-feira (20) com o relator da proposta na Câmara dos Deputados, Cláudio Cajado (PP-BA), para alinhar mudanças no texto.

    Os senadores pretendem votar a proposta na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) também nesta terça e, no plenário, na quarta-feira (21).

    A reportagem apurou que Aziz vai alterar o texto aprovado pelos deputados, retirando da nova regra o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e o Fundo Constitucional do Distrito Federal (FCDF).

    Um ponto ainda não pacificado, que depende do encontro desta terça e de maior negociação com os deputados, é sobre o período de cálculo da inflação. As alterações feitas pelos senadores, caso sejam realmente feitas, obrigam que o texto a retorne para apreciação dos deputados.

    Apesar da intenção de votar a proposta na CAE já nesta terça-feira, parlamentares consideram a possibilidade de pedido de vista e adiamento da análise para o dia seguinte. Em geral, a intenção dos senadores é vencer a matéria na Casa ainda nesta semana.