Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Reunião do Copom, Congresso retoma CPIs e mais de 1º de agosto

    Diretores do Banco Central decidem Selic; taxa está em 13,75%, e pode cair para 13,5% ou 13,25%, de acordo com analistas

    Corte de juros pelo BC é dado como certo por economistas, dúvida é de quanto
    Corte de juros pelo BC é dado como certo por economistas, dúvida é de quanto Reuters

    Da CNN

    O início da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) sobre juros e o retorno das CPIs após recesso do Congresso Nacional estão entre os destaques desta terça-feira (1º).

    Copom: corte de juros pelo BC é dado como certo por economistas, dúvida é de quanto

    Depois de um ano com a Selic, a taxa básica de juros, estacionada nos 13,75%, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) deve decidir por promover o primeiro corte nesta semana.

    É esta a ampla expectativa de economistas e especialistas, após os primeiros sinais dados pelo próprio Copom nos comunicados de seu último encontro, em junho.

    A principal dúvida, agora, está em torno de qual deve ser a magnitude do corte.

    Boa parte das casas aposta em uma redução mais cautelosa, de 0,25 ponto percentual; outra parcela acredita que já seja possível ter um corte de 0,5 p.p., e há, ainda, uma terceira ala, dividida entre as duas possibilidades.

    Congresso retoma hoje CPIs do 8 de janeiro, do MST, das Americanas e das ONGs

    O Congresso Nacional retoma, nesta terça-feira (1º), após o recesso parlamentar — não oficial –, as reuniões dos colegiados que investigam:

    As sessões serão marcadas por ouvir ex-representantes de áreas de segurança do governo.

    Saúde vê indícios de irregularidades no uso de verba repassada a 467 municípios

    A Controladoria-Geral da União (CGU), a Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) estão investigando 467 municípios por suspeita de irregularidades no uso de recursos repassado pelo governo federal para gastos com saúde.

    A apuração ocorre após o Ministério da Saúde observar discrepâncias no volume de “serviços realizados” pelas prefeituras.

    Pelas regras, cada município é responsável pela atualização do banco de dados do SUS. Cabe às prefeituras indicarem, por exemplo, o número de exames e cirurgias realizados. Com base nessas informações, a verba é liberada. Os valores dos repasses sob suspeita não foram divulgados.

    Espião-chefe da Ucrânia critica Brics e rebate “interpretações” do Brasil sobre guerra

    O general Kyrylo Budanov, chefe da inteligência militar da Ucrânia, criticou o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB) – o chamado banco dos Brics – por ser “uma das últimas associações amigas da Rússia”.

    Na visão do governo ucraniano, isolar a Rússia é uma das maneiras de acelerar o fim do conflito na Europa. A menção ao Brics foi feita durante uma entrevista em Kiev, na qual considerou normal que os russos buscassem auxílio em países que são “próximos” a eles, citando nominalmente o Brasil.

    Perguntado pela CNN sobre como ele via a posição do Brasil em relação ao conflito, o espião-chefe ucraniano evitou criticar diretamente o país, mas deixou claro seu descontentamento com “interpretações” que podem ajudar a diminuir a responsabilidade da Rússia na guerra.

    Rússia lança mísseis contra cidade natal de Zelensky e deixa ao menos 6 mortos

    Um dia depois de Volodymyr Zelensky dizer que a guerra estava “voltando à Rússia” com uma tentativa de ataque de drones em Moscou, o Kremlin lançou um ataque aéreo contra a cidade natal do presidente ucraniano, Kryvyi Rih.

    Pelo menos seis pessoas morreram, incluindo uma menina de 5 anos, e dezenas de outras ficaram feridas quando um par de mísseis balísticos atingiu um prédio escolar e uma torre residencial na cidade central da Ucrânia.

    Zelensky disse que mais de 350 pessoas estiveram envolvidas na operação de resgate. O pessoal dos serviços de emergência ainda procurava sobreviventes sob os escombros na tarde de segunda-feira (31).

    Newsletter

    Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

    (Publicado por Marina Toledo)

    Tópicos

    Tópicos