Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    UE acusa Apple de práticas anticompetitivas em relação à oferta de streaming

    O parecer representa o primeiro passo formal da investigação antitruste aberta pela Comissão contra a gigante do setor de tecnologia

    A Apple anunciou plano de neutralizar toda a emissão de carbono em sua cadeira produtiva até 2030
    A Apple anunciou plano de neutralizar toda a emissão de carbono em sua cadeira produtiva até 2030 Foto: Gonzalo Fuentes -15.jul.2020/ Reuters

    André Marinho,

    do Estadão Conteúdo

    A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia (UE), informou nesta sexta-feira (30) que concluiu, de forma preliminar, que a Apple viola a legislação de concorrência do bloco pela forma como oferece o próprio serviço de streaming de música em sua loja de aplicativos, a App Store.

    Em comunicado, o órgão também expressou preocupação com restrições impostas pela empresa americana que previnem desenvolvedores de plataformas de informarem usuários de iPad e de Iphone de alternativas de compra mais baratas. O parecer representa o primeiro passo formal da investigação antitruste aberta pela Comissão contra a gigante do setor de tecnologia. Nessa fase, a companhia é informada da acusação e tem o direito de respondê-la.