Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    UE e Chile firmam acordo comercial que deve aumentar exportações em até € 4,5 bi

    Objetivo também é promover oportunidades de investimento

    Bandeira do Chile
    Bandeira do Chile Elias Almaguer/Unsplash

    Natália Coelho, do Estadão Conteúdo

    A União Europeia (UE) e o Chile concluíram nesta sexta-feira (9) as negociações de um acordo comercial e de cooperação que tem como objetivo promover oportunidades de investimento e comércio.

    Segundo a UE, a previsão é que 99,9% das exportações vindas da UE se tornem isentas de tarifas, o que deverá aumentar as exportações do bloco para o Chile em até 4,5 bilhões de euros.

    Ainda, o acordo garante um melhor acesso das empresas da UE a contratos públicos chilenos, e vice-versa.

    O acordo também prevê cooperações de direitos humanos, investimentos em tecnologia e inovação e outras ações, que não foram especificadas no comunicado oficial da UE.

    De acordo com o bloco, a UE e o Chile já possuíam um acordo de Associação, que fez com que o comércio de bens entre o país e o bloco crescessem 163% entre 2002 e 2021.

    Já, segundo o comunicado, as exportações de bens da UE para o Chile cresceram 284% no mesmo período.