Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Voa Brasil”, programa de passagens aéreas a R$ 200, ainda não chegou à Casa Civil, diz ministério

    Apesar da promessa de ser lançado em agosto, Ministério dos Portos e Aeroportos informou que o projeto está na fase de últimos ajustes

    Ministério lembra, contudo, que o programa não depende de medida provisória ou projeto de lei para existir
    Ministério lembra, contudo, que o programa não depende de medida provisória ou projeto de lei para existir Universal Images Group/Getty Images

    Luiz Araújo, do Estadão Conteúdo

    Com promessa de ser lançado em agosto, o projeto “Voa Brasil”, programa de passagens aéreas a R$ 200, ainda não foi apresentado oficialmente à Casa Civil, segundo informou ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) o Ministério dos Portos e Aeroportos nesta quarta-feira (19).

    Em março, o programa ficou em xeque ao ser anunciado pelo ministro da pasta, Márcio França, sem aval da Casa Civil.

    Na semana passada, Márcio França confirmou ao Broadcast que o lançamento da medida será feito no próximo mês. Em atualização nesta quarta-feira, o ministério informou que o projeto está na fase de últimos ajustes.

    “Assim que eles (ajustes) forem concluídos, (o projeto) será encaminhado à Casa Civil para aprovação”, informou o órgão. O ministério lembra, contudo, que o programa não depende de medida provisória ou projeto de lei para existir.

    A iniciativa também não dependerá de subsídio do governo, sendo idealizado em formato para que as empresas possam oferecer passagens em períodos de ociosidade – os meses de março, abril, maio, agosto, setembro, outubro e novembro.