Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Xi Jinping diz que China vai criar financiamentos bilionários e pode ter maior abertura de mercado

    Presidente chinês afirmou que vai reduzir restrições ao acesso ao investimento estrangeiro no setor industrial

    O presidente chinês, Xi Jinping
    O presidente chinês, Xi Jinping Carlos Garcia Rawlins/Reuters

    do Estadão Conteúdo

    O presidente da China, Xi Jinping, prometeu nesta quarta-feira (18) a criação de linhas de financiamento com valores superiores a US$ 100 bilhões (R$ 504,51 bilhões) destinadas a outras economias em desenvolvimento.

    Xi também sugeriu a possibilidade de maior abertura do mercado chinês a investimentos estrangeiros.

    Durante discurso no Fórum Cinturão e Rota, em Pequim, Xi prometeu que dois bancos de desenvolvimento apoiados pelo país – o Banco de Desenvolvimento da China (CDB) e o Banco de Exportação e Importação da China (China EximBank) – estabelecerão linhas de financiamento de 350 bilhões de yuans (R$ 242,77 bilhões) cada.

    Além disso, serão injetados mais 80 bilhões de yuans (R$ 55,49 bilhões) no Fundo da Rota da Seda para apoiar projetos da iniciativa, que constrói obras de infraestrutura em todo o mundo.

    O presidente chinês prometeu ainda diminuir restrições ao capital estrangeiro na economia chinesa.

    “Removeremos de forma abrangente as restrições ao acesso ao investimento estrangeiro no setor industrial”, afirmou.

    Os presidentes da Rússia, Vladimir Putin; e da Argentina, Alberto Fernández, participam do evento em Pequim.

    Veja também: PIB da China surpreende no 3º trimestre