Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nunes sugere que pedido de voto de Lula a Boulos foi “calculado”

    MDB acionou a Justiça alegando propaganda eleitoral antecipada

    O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes
    O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes 10/04/2024 - Foto: BRUNO ESCOLASTICO/E.FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Muriel Porfiroda CNN

    São Paulo

    O prefeito Ricardo Nunes (MDB) afirmou nesta quinta-feira (2) que a declaração do presidente Lula ao pedir votos para o deputado federal e pré-candidato à prefeitura Guilherme Boulos (PSOL) pode ter sido “calculado”.

    “Deixa a gente bem triste porque é uma pessoa experimentada. Ou fez calculado, né? É uma possibilidade. Talvez, tinha pouca gente lá e resolveu criar uma estratégia porque queria repercutir”, disse Nunes durante evento na capital paulista.

    Para o prefeito, “está muito claro para todo mundo que não pode fazer palanque”.

    Durante o ato das centrais sindicais de 1º de maio em São Paulo, o presidente Lula se colocou ao lado de Boulos e fez o apelo à plateia. “Cada pessoa que votou no Lula em 1989, em 1994, em 1998, em 2006, em 2010, em 2018, em 2022, tem que votar no Boulos para prefeito de São Paulo”.

    Depois das falas, Nunes ainda defendeu “civilidade” e disse esperar que as decisões do Tribunal Regional Eleitoral sejam aplicadas da mesma forma para todos.

    Na manhã desta quinta-feira (02), o MDB, partido de Nunes, protocolou na Justiça Eleitoral uma ação que pede a “exclusão do vídeo” nas redes sociais em que as falas de Lula estão gravadas, “sob pena de multa diária a ser fixada” e que seja determinada “a exclusão definitiva dos vídeos, proibindo-se seu uso e a condenação de cada um dos Representados ao pagamento de multa no valor máximo estipulado pela legislação”.

    À CNN a pré-campanha de Boulos afirmou que “Ricardo Nunes tenta criar uma cortina de fumaça para despistar o uso de eventos oficiais da Prefeitura. Procurado, o Palácio do Planalto ainda não se manifestou sobre as falas do prefeito de São Paulo.