Lady Gaga dedica 'Together at Home' a médicos que estão na linha de frente

Evento arrecadou quase US $ 128 milhões para apoiar a luta contra a COVID-19.

Por Alaa Elassar, da CNN
20 de abril de 2020 às 05:52
Cantora Lady Gaga presta homenagem a médicos na luta contra COVID-19
Foto: Foto: Divulgação / Global Citizen

A cantora Lady Gaga iniciou o show ao vivo de "One World: Together At Home" na noite de sábado - um evento que ela ajudou a organizar - elogiando "todos os trabalhadores médicos que estão colocando suas vidas em risco pelas pessoas".

A cantora premiada com o Grammy lançou uma versão emocionante de "Smile", que ficou famoso por Nat King Cole e outros.

Gaga colaborou com o Global Citizen para planejar o evento, que contou com mais de 70 celebridades e cantores e teve como objetivo "celebrar" os cuidados de saúde e os trabalhadores essenciais nas linhas de frente da pandemia de coronavírus.

O concerto arrecadou quase US $ 128 milhões para apoiar a luta contra a COVID-19.

"Hoje estou tão feliz que somos um mundo, juntos em casa. Sinto-me muito honrado por fazer parte da Organização Mundial de Saúde e Cidadão Global na luta contra a COVID-19 e na arrecadação de fundos para o Fundo de Resposta à Solidariedade".

 Lady Gaga disse antes de sua primeira apresentação no sábado. "Eu me preocupo muito com todos os trabalhadores médicos que estão colocando suas vidas em risco por nós agora. Penso neles todos os dias, oro por eles todos os dias, e também estou pensando em todos vocês que estão em casa, que está se perguntando quando tudo isso vai mudar".

"O que eu gostaria de fazer por você hoje à noite, se eu puder, é apenas dar a você a permissão para, por um momento ... sorrir", acrescentou ela antes de começar a música.

O especial, também transmitido nas principais redes de TV, também incluiu apresentações de Billie Eilish, Elton John, Lizzo, Keith Urban, Taylor Swift e Paul McCartney - todas gravadas em suas casas em todo o mundo.

Gaga também encerrou o show juntando John Legend, Celine Dion, Andrea Bocelli e o pianista Lang Lang para tocar "The Prayer", o hit de 1999 de Dion e Bocelli.

Jimmy Fallon, Jimmy Kimmel e Stephen Colbert co-organizaram o evento.