Tom Hanks relata períodos de forte exaustão e náusea após contrair coronavírus

Ator e a esposa Rita Wilson ficaram internados em hospital na Austrália, após ambos contraírem COVID-19.

Chloe Melas, CNN
21 de abril de 2020 às 19:12 | Atualizado 21 de abril de 2020 às 19:14
Tom Hanks e sua mulher, Rita Wilson
Foto: Tristan Fewings/Getty Images

O ator norte-americano Tom Hanks vem tornando pessoal a batalha contra o coronavírus, após ele e sua mulher, Rita Wilson, terem contraído o vírus. Ele afirmou que, apesar de não ter tido sintomas tão fortes quanto sua esposa, se sentiu “derrubado” durante período em que ficou internado no hospital em Queensland, na Austrália, em março.

“Fiquei derrubado após 12 minutos de exercícios. Deitei na cama do hospital e só conseguia dormir”, afirmou Hanks em entrevista para uma rádio.

Ele se lembrou de dizer a uma médica que o tratava na época: "'Eu senti uma coisa estranha. Tentei fazer alongamentos e exercícios básicos no chão e não conseguia nem passar da metade'. E ela olhou para mim através dos óculos como se estivesse falando com o ser humano mais idiota: 'Isso porque você está com COVID-19'”. 

Hanks disse que sua mulher teve tanta náusea com a hidroxicloroquina que às vezes ela nem conseguia andar. "Rita passou por um momento mais difícil do que eu", continuou Hanks. "Ela estava com febre muito mais alta e tinha alguns outros sintomas. Perdeu o senso de paladar e olfato. Não ficou satisfeita com a comida por mais de três semana. Ela ficou tão enjoada que teve que engatinhar da cama até as demais instalações."

Rita Wilson falou recentemente sobre sua experiência com a COVID-19 no programa "CBS This Morning". "Eu me senti extremamente dolorida, desconfortável, não queria ser tocada, e então a febre começou", disse.

Ela também mencionou ter tido temperaturas altas e "calafrios como nunca tive antes" Depois de se recuperar, no final de março, o casal voltou para sua casa, em Los Angeles.