Artistas LGBTQI+ levam diversidade ao sertanejo: conheça o ‘queernejo’

Da CNN, em São Paulo
20 de agosto de 2020 às 09:30
Mari Palma apresenta o podcast Na Palma Da Mari, com novos episódios às quintas
Foto: CNN Brasil

Eles são jovens, interioranos e cresceram ouvindo um estilo musical que não tinha referências em quem pudessem se inspirar. Não tinha, porque, depois de muita Lady Gaga, os dois resolveram assumir as raízes sertanejas e colocar um pouco mais de diversidade no ritmo mais popular do Brasil. 

Neste episódio do Na Palma da Mari, você conhece um pouco da trajetória de Gabeu, cantor e compositor, filho do sertanejo Solimões, que celebra o amor gay em suas letras. E também de Alice Marcone, cantora, atriz e roteirista, que se apresenta como a primeira mulher trans do sertanejo. Eles são dois dos principais representantes do “queernejo”, movimento que quer levar mais representatividade a um cenário que um dia foi dominado só por homens héteros.

Leia e ouça também:

Do sertanejo raiz ao universitário, as mudanças no estilo mais popular do país

Ouça e assine os podcasts da CNN Brasil gratuitamente:

5 Fatos

Abertura de Mercado

América Decide

Carteira Inteligente

CNN Líderes

E Tem Mais

Horário de Brasília

O Grande Debate

O Mundo Pós-Pandemia

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.