Neverland, famoso rancho de Michael Jackson, é vendido por US$ 22 milhões

Racho foi vendido mais de dez anos após a morte da estrela pop

Da Reuters
24 de dezembro de 2020 às 20:19 | Atualizado 28 de dezembro de 2020 às 10:59


O famoso rancho de Neverland, de Michael Jackson, na Califórnia, foi vendido mais de dez anos após a morte da estrela pop, que abandonou a propriedade após seu julgamento sob acusação de abusar de um garoto no local. 

O investidor bilionário Ron Burkle, um ex-amigo da família de Jackson, comprou recentemente a propriedade, disse seu porta-voz nesta quinta-feira (24).

O Wall Street Journal disse que a propriedade, que foi rebatizada de Sycamore Valley Ranch, foi vendida por US$ 22 milhões (cerca de R$ 114 milhões) de acordo com registros públicos. Em 2015, o preço pedido era de US$ 100 milhões, e em 2017 foi recolocado à venda por US$ 67 milhões.

Leia também:
Quem foi 'cancelado' em 2020 e o que disse o tribunal da internet no ano
Retrospectiva pop: as músicas, os reality shows, os filmes e os memes de 2020

Neverland
Neverland, rancho de Michael Jackson, é vendido
Foto: Reprodução/Site Finest Residences

O porta-voz de Burkle disse que o empresário viu o investimento como uma oportunidade. Ele avistou a propriedade do ar, enquanto olhava para outro local, e contatou Tom Barrack, o fundador da empresa de investimento imobiliário Colony Capital LLC, para selar a venda. O rancho estava fora do mercado na época.

Jackson, que morreu de overdose do anestésico propofol em 2009 aos 50 anos, comprou a propriedade em Los Olivos, cerca de 193 km ao norte de Los Angeles, em 1988 por US$ 19,5 milhões. Após problemas financeiros, em 2008, ele entregou o local à Colony Capital LLC, que mantinha um empréstimo sobre a propriedade.

Neverland, nome tirado da história de "Peter Pan", em que um menino se recusa a crescer, se tornou o retiro favorito de Jackson e tinha um zoológico, uma ferrovia e um parque de diversão.

Também era onde ele levava crianças. Uma delas apresentou acusações de abuso sexual contra o cantor, que resultou em um julgamento em 2005 e na absolvição de Jackson de todas as acusações.

Jackson jurou nunca mais voltar a Neverland após o julgamento.

Burkle é o acionista controlador da Soho House, um clube privado que atrai pessoas das indústrias de entretenimento e mídia e que possui propriedades em Nova York, Londres, Los Angeles e Hong Kong.

(Reportagem de Jill Serjeant)