Amiga de Paulo Gustavo relata reações do ator durante visita em hospital

Segundo a diretora Susana Garcia, ator chegou a mexer a cabeça e esboçar reações; ela também relatou mudanças nas frequências cardíaca e respiratória dele

Iuri Corsini e Jaqueline Frizon, da CNN, no Rio de Janeiro
19 de abril de 2021 às 14:39 | Atualizado 19 de abril de 2021 às 16:54

 

Uma amiga de longa data do ator e humorista Paulo Gustavo, a diretora Susana Garcia relatou uma visita feita ao artista no domingo (18), em seu quarto de hospital.

Ela afirmou que Paulo Gustavo reagiu a alguns estímulos, mexendo a cabeça quando perguntado se estava a ouvindo. Susana também disse que as frequências cardíaca e respiratória do ator aumentaram quando ela começou a conversar com ele.

“Ontem foi um dia muito especial com vc. Assim que cheguei, comecei conversando com vc e vi na hora que aumentou a sua frequência cardíaca e a respiratória. Te perguntei se vc estava me ouvindo e pedi pra vc mexer a sua cabeça. Vc mexeu duas vezes e tentou abrir a boca", escreveu a diretora em sua conta no Instragram.

"Fiquei de mão dada com você e pedi pra vc apertar a minha mão e vc apertou fraquinho. Naquele momento, percebi que vc estava conectado comigo e me ouvindo”, completou. 

Susana dirigiu os filmes Minha Mãe É uma Peça 3 (2019) e Minha Vida em Marte (2018), ambos estrelados por Paulo Gustavo. O humorista está internado desde o dia 13 de março em um hospital de Copacabana, na zona sul do Rio, com complicações causadas pela Covid-19.

Pacientes que utilizam a ECMO como é o caso do ator, podem responder a estímulos, segundo o cirurgião cardiovascular e professor da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Diego Gaia.  

“Dependendo da quantidade recebida de medicamentos sedativos, o paciente pode variar entre estar somente sonolento, mas capaz de entender e obedecer comando ou mesmo se comunicar até estar em sedação profunda sem nenhuma resposta", disse.

Para o médico ouvido pela CNN, a quantidade de sedação é ajustada conforme a condição clínica do paciente. “Existem situações de pacientes sem sedação e, portanto, acordados e conversando. Mas casos assim são raros e de exceção”.

A expectativa é de que seja divulgado um novo boletim médico do ator nesta segunda-feira (19). Paulo Gustavo está com 42 anos, é ator, humorista, diretor ,apresentador e roteirista, tendo atuado em mais de dez filmes nacionais.

Segundo o último boletim emitido por sua assessoria, na quinta-feira (15), seu estado ainda é grave e o ator segue em terapia intensiva, com complicações pulmonares que demandaram várias intervenções médicas como broncoscopias e alguns procedimentos cirúrgicos.

Porém, neste último boletim, a equipe médica informou que “finalmente conseguiu sanar as fístulas bronco-pleurais identificadas”. E que também observou a “normalização da coagulação com o tratamento instituído e não mais detectamos sinais de hemorragias” – algo positivo em meio à extrema delicadeza do estado de saúde do ator.

O ator Paulo Gustavo segue internado na UTI por causa da Covid-19
Foto: Reprodução/CNN Brasil (6.abr.2021)