Cantor Zezé Di Camargo passa por cateterismo após dor no peito

No quadro Correspondente Médico, dr. Fernando Gomes explicou procedimento pelo qual artista foi submetido em hospital

Raphael Florêncio, da CNN, em São Paulo
13 de maio de 2021 às 08:33 | Atualizado 13 de maio de 2021 às 10:11

Na edição desta quinta-feira (13) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes explicou o cateterismo, procedimento médico pelo qual o cantor Zezé Di Camargo foi submetido após sentir uma dor no peito.

O artista ficou em observação no hospital, mas publicou um vídeo nas redes sociais dizendo que passa bem e nenhum problema foi encontrado.

"O cateterismo é um método diagnóstico e pode até ser terapêutico. Através da introdução de um cateter pela artéria braquial ou femoral, se chega até a aorta e tem acesso às artérias coronárias, que levam o sangue para o coração", diz Gomes.

"O miocárdio, que é o nome do músculo do coração, precisa de oxigênio e nutrientes que cheguem de forma adequada a ele. Quando existe uma obstrução, acontece o infarto agudo do miocárdio, o que pode causar problemas graves e até mesmo a morte."

"Com o cateterismo, pode se visualizar como está esses vasos [do coração], a existência ou não de obstrução e ajuda o cardiologista a propor a forma de tratamento para que o miocárdio continue recebendo sangue de forma adequada", explica o médico.

Gomes também disse que, apesar de ser um procedimento invasivo, o pós-operatório do cateterismo costuma ocorrer sem problemas desde que se tenha acompanhamento médico. 

Zezé Di Camargo passou por procedimento médico após forte dor no peito no fim de semana
Foto: Reprodução/CNN Brasil (13.mai.2021)