É preciso tirar o consumidor da esfera criminal das drogas, diz Ilona Szabó

Especialista analisou o que precisamos saber sobre a legalização de drogas, e falou sobre como a pandemia afetou o consumo de entorpecentes no Brasil

Da CNN, em São Paulo
14 de maio de 2021 às 23:26

O CNN Nosso Mundo desta sexta-feira (14) entrevistou a especialista em políticas de drogas Ilona Szabó, que falou sobre como a pandemia afetou o consumo de entorpecentes no Brasil, a polêmica sobre a liberação da maconha para consumo recreativo, analisou o que precisamos saber sobre a legalização de drogas e fez um alerta:

"É preciso tirar o consumidor da esfera criminal"

Ilona Szabó, especialista em políticas de drogas


O último relatório mundial divulgado pelo Escritório das Nações Unidas Sobre Drogas e Crime (UNODC) aponta que, em uma década, o número de pessoas que consumiram substâncias proibidas aumentou 30%. De acordo com o estudo, atualmente mais de 35 milhões de usuários sofrem de transtornos associados ao uso dos entorpecentes.

Os pesquisadores também analisaram os impactos da pandemia no mercado de drogas. Segundo o relatório, o aumento do desemprego e a redução de oportunidades afetaram as classes mais pobres, o que fez aumentar a vulnerabilidade em relação ao uso, tráfico e até cultivo de drogas para obtenção do próprio sustento.

Na linha de frente deste problema estão os grupos mais vulneráveis e, no topo dessa lista, jovens e mulheres.

Para Szabó, o "racismo está vinculado à questão das drogas", e a "falta de política antidrogas amplia grupos marginalizados".

"A questão da maconha sofre com o uso político"

Ilona Szabó, especialista em políticas de drogas

 

Nomeada uma das 50 maiores pensadoras da atualidade pela Revista Prospect em 2020, e Jovem Líder Global pelo Fórum Econômico Mundial em 2015, Ilona Szabó é mestre em Estudos Internacionais pela Universidade de Uppsala na Suécia, fellow de políticas públicas na Universidade de Columbia em Nova York e pesquisadora afiliada do Brazil Lab da Universidade de Princeton.

Szabó é co-fundadora e presidente do Instituto Igarapé, que desenvolve pesquisas e propostas para questões controversas, como a regulação de armas de fogo e a reforma da política de drogas, por exemplo. 

Ela foi entrevistada por Lia Bock, Thaís Herédia e Roberta Russo, e quem comandou a atração foi Luciana Barreto. O CNN Nosso Mundo é exibido às sextas-feiras, a partir das 22h30.

CNN está no canal 577 nas operadoras Claro/Net, Sky e Vivo. Para outras operadoras, veja aqui como assistir à CNN. O programa também pode ser assistido ao vivo no site da CNN Brasil.

Ilona Szabó
Ilona Szabó foi a entrevistada do CNN Nosso Mundo desta sexta-feira (14)
Foto: CNN/Reprodução

*Editado por Daniel Fernandes