Brasileira Julia Gama fica em segundo lugar no concurso Miss Universo

A campeã do tradicional concurso deste ano foi a mexicana Andrea Meza

Nathallia Fonseca, da CNN, em São Paulo
17 de maio de 2021 às 03:43 | Atualizado 17 de maio de 2021 às 14:33
player-mask
player-img

 

A candidata brasileira ao tradicional concurso Miss Universo, Julia Gama, ficou em segundo lugar na edição - o evento reuniu as candidatas de 2020. A final da competição ocorreu no domingo (16) com 21 semifinalistas e elegeu a mexicana Andrea Meza como campeã. Já o terceiro lugar foi ocupado pela miss Peru, Janick Maceta. A última vez que o Brasil levou a coroa foi em 1968, com Martha Vasconcellos. 

Julia Gama, Miss Brasil 2020
Foto: Rodrigo Varela/Getty Images

Natural de Porto Alegre, Julia Gama tem 26 anos e é engenheira. Em seu discurso, ela chamou atenção para a importância de cuidados com a saúde mental e prevenção de doenças como ansiedade e depressão.

"É um tópico ainda bastante estigmatizado e, por isso, não conseguimos falar abertamente. Mas para todos aqui esta noite, eu peço que lembrem disso. Por favor, vamos normalizar conversas sobre ansiedade e depressão", disse.

Na fase das perguntas, outro ponto tradicional da competição a brasileira opinou sobre a liderança feminina. "O mundo precisa da contribuição das mulheres porque estamos aqui por um motivo e eu convido todas as mulheres a entender que somos as líderes das nossas vidas e sim, podemos fazer muito por nossas comunidades", incentivou.

Mexicana Andrea Meza conquistou o Miss Universo 2001
Mexicana Andrea Meza conquistou o Miss Universo
Foto: Rodrigo Varela/Getty Images

Atualizado para correção de informação. O Miss Universo reuniu as candidatas de 2020, e não de 2021, que ainda será disputado.