Celulares de MC Kevin e viúva são apreendidos e levados para perícia

Polícia Civil aguarda laudos complementares da perícia; depoimentos serão confrontados com provas colhidas no hotel onde acidente aconteceu

Camila Portes e Thayana Araujo, da CNN, no Rio de Janeiro
18 de maio de 2021 às 15:40 | Atualizado 18 de maio de 2021 às 15:46
MC Kevin
O cantor MC Kevin morreu depois de cair da varanda de um quarto de hotel no Rio de Janeiro
Foto: Reprodução/Instagram

A Polícia Civil confirmou à CNN que apreendeu mais de cinco celulares de amigos, da viúva e do próprio MC Kevin, que morreu após queda do 5° andar de um hotel na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, no último domingo. Todos serão periciados a partir de agora.    

Pelo menos seis depoimentos de testemunhas, dentre elas, a advogada criminalista Deolane Bezerra, esposa de Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, já foram colhidos. “Ontem (17), foi um depoimento atrás do outro”, informou uma fonte da delegacia. A polícia apura as circunstâncias da queda que consistiu na morte do artista.

Os telefones de Bianca Domingues e de Victor Elias Fontenelle, o MC Victor VK, estão entre os aparelhos apreendidos que serão analisados. O casal estava com o funkeiro no quarto 502 do hotel na tarde do último domingo (16), quando Kevin caiu da varanda.

Nesta segunda-feira (17), os policiais periciaram a piscina e os dois quartos do hotel onde MC Kevin estava hospedado. A esposa prestou um longo depoimento à polícia, mas abalada, não quis falar com a imprensa.

A Polícia Civil vai verificar a compatibilidade entre o que foi relatado na delegacia por parte das testemunhas e os achados periciais (provas materiais). O laudo do Instituto Médico Legal apontou que o cantor morreu vítima de um traumatismo craniano. A CNN também apurou que há outros laudos pendentes e os resultados devem sair na próxima semana.