Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Acusações contra Alec Baldwin foram rejeitadas após modificações na arma, diz fonte

    Nova evidência apresentada tem o potencial de contradizer o relatório forense do FBI de 2022, que afirmava que a pistola não poderia ser disparada sem puxar o gatilho

    Chloe Melasda CNN

    Novas informações estão surgindo sobre o que levou os promotores a rejeitar as acusações de homicídio involuntário contra o ator Alec Baldwin.

    Uma fonte familiarizada com o caso disse à CNN que a possibilidade de modificações no mecanismo de disparo da arma foi descoberta pelos promotores especiais que supervisionam o caso no Novo México.

    A fonte disse que essas modificações na pistola usada em 2021, no set de “Rust”, incluíam a capacidade potencial de disparar uma bala sem que o gatilho fosse puxado, algo que foi dito por Baldwin em uma entrevista à CNN em agosto passado. A fonte falou sob condição de anonimato, citando a sensibilidade da investigação em andamento.

    Uma outra fonte disse à CNN que a decisão de arquivar as acusações contra Baldwin foi tomada depois que novas evidências chamaram a atenção dos investigadores, indicando que a arma usada no tiroteio havia sido modificada, embora a natureza exata dessas modificações não fosse clara. Os investigadores estariam examinando para determinar a extensão das modificações, que poderiam ter afetado o funcionamento da pistola.

    A nova evidência apresentada tem o potencial de contradizer o relatório forense do FBI de 2022 sobre a arma, que afirmava que ela não poderia ser disparada sem puxar o gatilho.

    Depois que as notícias das acusações foram rejeitadas, uma declaração dos promotores especiais do Novo México que supervisionavam o caso no tiroteio de “Rust” citou “novos fatos”, e que eles não poderiam “continuar sob as atuais restrições de tempo e sobre os fatos e evidências entregues pela aplicação da lei em sua forma existente”.

    “Portanto, rejeitaremos as acusações de homicídio involuntário contra o Sr. Baldwin para conduzir uma investigação mais aprofundada”, disseram os promotores em seu comunicado, acrescentando que “esta decisão não absolve o Sr. Baldwin de culpabilidade criminal e as acusações podem ser reapresentadas”.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original