Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Animação “Elementos” tem 1º personagem não-binário da Pixar; entenda a identidade

    Quem dubla a personagem é Kai Ava Hauser, uma pessoa não-binária

    A animação retrata a "Cidade Elemento"
    A animação retrata a "Cidade Elemento" Disney/reprodução

    Giovana Rampinida CNN

    São Paulo

    A nova animação da Pixar, “Elementos”, já está sendo histórica. Com estreia marcada para o dia 22 de junho, é o primeiro filme do estúdio americano a ter um personagem trans não-binário.

    O termo refere-se às pessoas que não se identificam nem estritamente com o gênero feminino, nem com o gênero masculino e, portanto, estão fora da cisnormatividade. Pessoas não-binárias podem ainda usar os pronomes ela/dela, ele/dele, além da linguagem neutra, como elu/delu.

    Quem deu a notícia foi Kai Ava Hauser, que dublou Lake Ripple. Em suas redes sociais, elu compartilhou sua empolgação: “GRANDE ANÚNCIO! Tive a oportunidade de interpretar o primeiro personagem não-binário da Pixar! Conheçam Lake! Eu dou voz a Lake no filme! Vou assisti-lo nos cinemas hoje à noite com meus amigos, então vocês também podem vê-lo nos cinemas, se quiserem”. Kai também é uma pessoa não-binária.

    Dirigido por Peter Sohn, o filme retrata a ‘Cidade Elemento’, onde os habitantes de fogo, água, terra e ar convivem tranquilos. Ember, uma mulher flamejante e Wade, que faz parte da população ‘água’, descobrem que apesar de opostos, têm muito em comum. O longa ainda fala sobre xenofobia, migração, e como o amor transcende as diferenças.

    Nos últimos anos a Disney deu grandes passos rumo a representatividade. Em “Lightyear”, de 2022, vimos o primeiro beijo gay da Pixar. E em 2020, o primeiro protagonista negro com a animação “Soul”.