Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    “Ansiedade do frango” é o novo medo destravado no TikTok; entenda porque as pessoas estão aflitas em cozinhar a ave

    Especialistas explicam como preparar o alimento de forma correta

    Asinhas de frango
    Asinhas de frango Foto: Shutterstock

    Bárbara Carvalhocolaboração para a CNN

    São Paulo

    Ao que parece, muitas pessoas possuem medo na hora de preparar o frango – carne mais consumida globalmente, segundo dados da “Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO)”.

    Estima-se que em 2021 foram consumidas 133 milhões de toneladas de carne branca no mundo. A América Latina, inclusive, é a terceira região do mundo onde esse alimento é mais consumido.

    O cozimento da carne, que é rica em proteínas, no entanto, está desencadeando sentimentos de ansiedade e medo, de acordo com centenas de usuários no TikTok.

    A insegurança na cozinha durante o seu preparo gerou a hashtag #chickenanxiety, que já acumula mais de 70,5 milhões de visualizações na rede social.

    Na plataforma, internautas estão compartilhando receios de não cozinhar o frango de maneira adequada, resultando em uma refeição mal preparada ou até mesmo em intoxicação alimentar.

    @anysiaaa_

    Not me burning the pan 💀 #cooking #chicken #food #foodtiktok #fypシ #cookingfail #sus

    ♬ original sound – Variations Everything

    Por mais que a trend tenha ganhado força entre estrangeiros, brasileiros estão aproveitando o momento para compartilharem suas experiências.

    “Sério eu já perdi as contas de quantas vezes voltei com o frango pra frigideira porque estava rosado demais pro meu gosto”, “Eu virei vegano porque tenho medo de cozinhar frango e, como não comia mais carne, abandonei tudo de vez”, “Não consigo comer frango sem que ele esteja quase carbonizado pra ter certeza que não tá cru” e “Não cozinho frango. Tenho medo e assumo”, são alguns comentários deixados em vídeos publicados.

    @ekellyyyy

    Not the chicken anxiety #OREOBdayStack

    ♬ original sound – Emily

    @staceygrant

    Such a bad habit #fyp #foryou #cooking #viral #trend #funny #meme #cookingtips #tiktok #2022 #australia #momtok #sahm #bored #mumtok #follow #relatable

    ♬ Griddy x Nutcracker –

    @paodematteisss

    Always check big pieces 😭🍗

    ♬ original sound – Variations Everything

    Qual a maneira correta para cozinhar o frango?

    Segundo informações de Claudia Yoko Matsumura, nutricionista do Hospital Nipo – Brasileiro, a principal recomendação é não lavar a ave, já que a água não elimina as bactérias. “As bactérias proliferam com mais facilidade com a água, além de poder respingar em outros alimentos e outros ambientes, podendo levar a contaminação cruzada”, explica.

    É fundamental destacar que a contaminação cruzada pode ocorrer caso não haja uma higienização adequada das mãos, pias, superfícies de trabalho e utensílios. “É importante adotar medidas eficazes de limpeza e desinfecção. Além disso, ao comprar produtos, é recomendável escolher aqueles de origem conhecida e segura, a fim de reduzir o risco de possíveis contaminações”, detalha Claudia.

    Para a gastrônoma Nilda Paes, primeiramente o descongelamento deve ser feito sempre dentro da geladeira, nunca
    sendo descongelado sob pias e bancadas, pois a parte externa do frango estará exposta a temperaturas em que as bactérias podem proliferar rapidamente, enquanto o centro ainda estará congelado.

    “Lavar o frango pode gerar riscos e espalhar bactérias como a salmonela (causadora de intoxicação alimentar)”, explica Nilda.

    A nutricionista Patrícia Alves Soares Lara, especialista em oxidologia e bioquímica celular, ressalta que dados recentes do Ministério da Saúde indicam que alimentos crus, como carnes e ovos, são responsáveis, em média, por 34,5% dos surtos de doenças transmitidas por alimentos que ocorrem no Brasil.

    No entanto, isso não é motivo de pânico, já que pessoas não precisam parar de cozinhar frango com medo da contaminação, basta fazê-lo da forma correta.

    “Apenas a cocção adequada matará as bactérias presentes na carne crua do frango. Segundo a ANVISA, a recomendação de temperatura para o cozimento adequado do frango é de 74° a 78° ao preparar cortes inteiros”, conta Patrícia.

    Como garantir a higiene ao preparar frango em casa? Veja dicas:

    • Lave as mãos frequentemente com água e sabão durante o preparo;
    • Mantenha superfícies de trabalho e utensílios sempre limpos e desinfetados;
    • Use utensílios e tábuas de corte diferentes para carne crua e alimentos prontos para consumo;
    • Cozinhe o frango completamente, certificando-se de que não fique cru no centro;
    • Não levar pra casa quando verificar cristais de gelo na embalagem. Isto significa que já foi descongelado e congelado novamente;
    • Os produtos congelados devem ser os últimos a serem pegos antes de ir para o caixa. Nunca os primeiros;
    • Uma vez descongelado, não deve-se levar novamente para congelamento. Somente se já estiver preparado, cozido.