Artistas do mundo inteiro fazem show virtual de apoio à OMS

'One World: Together At Home', organizado pelo movimento Global Citizen, ocorrerá no dia 18 e terá transmissão em plataformas de streaming e redes sociais

Concerto beneficente virtual arrecadará fundos para OMS equipar profissionais de saúde no combate ao COVID-19
Concerto beneficente virtual arrecadará fundos para OMS equipar profissionais de saúde no combate ao COVID-19 Foto: Reprodução/ Global Citizen

Chloe Melas, da CNN

Ouvir notícia

O movimento Global Citizen – que organiza um festival de música em Nova York – anunciou, em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), um concerto beneficente virtual para arrecadar fundos para o combate ao novo coronavírus.

O evento, chamado de “One World: Together At Home” (Um Mundo: Juntos em Casa, em tradução livre), está marcado para o dia 18 de abril e será coapresentado por Jimmy Fallon, Jimmy Kimmel e Stephen Colbert – estrelas de talk shows noturnos nos Estados Unidos.

Estão previstas apresentações de artistas como Alanis Morissette, Andrea Bocelli, Billie Eilish, Billie Joe Armstrong (do Green Day), Burna Boy, Chris Martin, Eddie Vedder, Elton John, J Balvin, John Legend, Kacey Musgraves e Keith Urban, entre outros. Kerry Washington, Lang Lang, Priyanka Chopra Jonas também participarão do evento.

Leia e ouça também:

Mais de 500 profissionais de saúde estão afastados por coronavírus em SP

Podcast: E Tem Mais discute as reações da mente e do corpo ao isolamento social

Os fundos serão direcionados aos esforços da OMS para equipar profissionais de saúde na linha de frente contra a COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus, e para várias instituições de caridade que fornecem comida e abrigo para os necessitados, segundo os organizadores.

“Ao honrarmos e apoiarmos os esforços heroicos dos agentes de saúde, o ‘One World: Together At Home’ visa servir como fonte de união e incentivo na luta global pelo fim da COVID-19. Por meio da música, entretenimento e impacto, o elenco global homenageará ao vivo aqueles que arriscam sua própria saúde para proteger a todos os outros “, disse o CEO da Global Citizen, Hugh Evan, em comunicado.

O evento será transmitido ao vivo pelas emissoras norte-americanas ABC, NBC e CBS. Na internet, vai ser possível acompanhar por meio de Amazon, Apple, Facebook, Instagram e YouTube.

Mais Recentes da CNN