Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Ashton Kutcher e Mila Kunis afirmam saber que causaram dor ao defender ator condenado por estupro

    Casal escreveu cartas, a pedido de Danny Masterson, para que o juiz levasse seu bom comportamento em consideração na sentença

    Ashton Kutcher e Mila Kunis escreveram cartas defendendo Danny Masterson
    Ashton Kutcher e Mila Kunis escreveram cartas defendendo Danny Masterson Reprodução/Instagram

    Megan Thomasda CNN

    Ashton Kutcher e Mila Kunis disseram, em vídeo publicado em suas redes sociais, estar “conscientes da dor” que causaram ao defender o ator Danny Masterson, condenado a 30 anos de prisão por estupro.

    O casal, que contracenou com Masterson em “That ’70s Show”, estava entre as quase 50 pessoas que defenderam clemência ao ator antes de ele ser condenado na quinta-feira (7) por estuprar duas mulheres em 2003.

    Masterson segue defendendo sua inocência e planeja recorrer do caso.

    Em vídeo compartilhado no Instagram neste sábado (9), Kutcher disse que a família de Masterson pediu-lhes que escrevessem cartas descrevendo “a pessoa que conhecíamos há 25 anos para que o juiz pudesse levar isso em consideração em relação à sentença”.

    “As cartas não foram escritas para questionar a legitimidade do sistema judicial ou a validade da decisão do júri”, disse Kunis.

    Em suas cartas ao tribunal, o casal atestou o caráter de Masterson.

    “Não acredito que ele seja um dano contínuo à sociedade”, escreveu Kutcher, enquanto Kunis descreveu Masterson como um “excelente modelo e amigo”.

    O ator disse que a intenção com as cartas não era diminuir “o testemunho das vítimas ou traumatizá-las de forma alguma. Nós nunca quereríamos fazer isso. E lamentamos se isso aconteceu”.

    “Apoiamos as vítimas, fizemos isso historicamente através do nosso trabalho e continuaremos a fazê-lo no futuro”, disse Kunis no vídeo.

    Os dois estão envolvidos em vários esforços filantrópicos, incluindo uma organização co-fundada por Kutcher para combater o tráfico sexual.

    Kunis concluiu sua mensagem dizendo: “Nosso coração está com cada pessoa que já foi vítima de agressão sexual, abuso sexual ou estupro”.

    Veja também: Daniel Alves será julgado pela Justiça Espanhola por caso de estupro

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original