Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Projeto de rock que reuniu mil músicos na Itália fará show em SP e abre inscrições

    O "Rockin' 1000", que viralizou no YouTube em 2015 ao mostrar centenas de pessoas tocando Foo Fighters, virá para a América do Sul pela primeira vez e convida músicos brasileiros para participar

    Léo Lopesda CNN

    em São Paulo

    Em 2015, viralizou no YouTube um vídeo no qual cerca de 1.000 músicos tocavam ao mesmo tempo a música “Learn to Fly”, do Foo Fighters.

    A iniciativa com a “maior banda de rock do mundo” era uma tentativa – que acabou por ser bem-sucedida – de convencer o grupo de Dave Grohl a agendar um show na cidade italiana de Cesena.

    Com o sucesso, o projeto “Rockin’ 1000” se consolidou e, em outubro deste ano, se apresentará na América do Sul pela primeira vez.

    Foi anunciado nesta quarta-feira (3), que o show acontecerá no dia 1º de outubro, em São Paulo, no estádio Allianz Parque.

    Para quem deseja participar, o “Rockin’ 1000” abriu inscrições para que músicos brasileiros possam participar. O formulário pode ser acessado neste site.

    Já os ingressos para quem deseja assistir serão vendidos a partir da próxima quarta-feira (10), a partir de R$ 79, pela plataforma Fever.

    “Com as candidaturas já abertas, o Rockin’1000 está procurando e convidando guitarristas, baixistas, bateristas e cantores de todas as idades e gêneros a se candidatarem a uma oportunidade única: tocar junto com 1.000 músicos no Allianz Parque, em São Paulo”, afirmaram os organizadores do evento.

    A apresentação acontecerá num palco 360º, no qual, ao longo de duas horas, serão tocados tributos e clássicos do rock, que inclui Rolling Stones, AC/DC, Nirvana, Pearl Jam, Red Hot Chili Peppers, Led Zeppelin e Queen, segundo a organização.

    “O Brasil sempre teve uma alma rock e uma forte inclinação para a música ao vivo; esta é provavelmente a razão pela qual desde o nosso nascimento recebemos tanto carinho e tantos convites para tocar neste país”, afirmou o fundador do “Rockin’ 1000”, Fabio Zaffagnini, em um comunicado divulgado à imprensa.