Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Quem ganhou o BBB23? Relembre a trajetória vitoriosa de Amanda

    A médica conquistou 68,9% dos votos na grande final e levou para casa o maior prêmio da história do programa

    Amanda foi a grande campeã do BBB23
    Amanda foi a grande campeã do BBB23 Reprodução/Louise Franca/gshow

    Larissa Bitencourtcolaboração para a CNN

    A última edição do Big Brother Brasil, o BBB23, chegou ao fim com Amanda Meirelles como a vencedora. A médica conquistou 68,9% dos votos na grande final e levou para casa o maior prêmio da história do programa: R$ 2,88 milhões.

    A participante do grupo ‘Pipoca’ disputou o favoritismo do público na final ao lado de duas aliadas do ‘Camarote’, Aline Wirley e Bruna Griphao, que tiveram 16,96% e 14,14% dos votos, respectivamente.

    Com sua vitória no BBB23, Amanda não só conquistou o título de campeã, mas também ganhou uma legião de seguidores nas redes sociais. Hoje, a ex-BBB soma mais de 2,9 milhões de seguidores no Instagram.

    Agora, ela vislumbra novos horizontes ao investir na carreira de comunicadora, com o intuito de facilitar o acesso à informação sobre a área da saúde. Em entrevista à CNN, Amanda contou que quer juntar sua experiência como médica com os frutos do BBB, como a exposição e a influência nas redes sociais.

    Na ocasião, a médica também falou sobre sua passagem vitoriosa no Big Brother Brasil: “Eu sabia que era um jogo, apesar de todos os desafios, eu tive o cuidado e a responsabilidade de não me perder em meio a todas as adversidades do programa. Eu joguei estrategicamente, mas não negociei meus valores e princípios”, afirmou.

    Para os futuros brothers e sisters, que entrarão na casa do BBB24, ela deixou um conselho: “Jogue estrategicamente, porque é um jogo e vale dinheiro, mas sem deixar sua índole e caráter de lado, porque isso também está sendo avaliado.”

    Trajetória no BBB23

    A trajetória de Amanda no reality foi marcada pela identificação de fãs que enxergaram nela uma “mulher real”, “gente como a gente” e “atrapalhada”, segundo  os espectadores. “Como se consegue isso? Admiração, simpatia, carisma, personalidade. Você se conectou com as pessoas de maneira especial. Você estendeu a mão para uma pessoa e milhares de pessoas estenderam a mão pra você”, disse Tadeu Schmidt no discurso da vitória.

    Aline Wirley, Amanda e Bruna Griphao na noite da grande Final do BBB23
    Aline Wirley, Amanda e Bruna Griphao na noite da grande Final do BBB23 / Reprodução/Globo

    Ao longo dos quase cem dias na casa, Amanda fez parte das “desérticas”, como ficou conhecido o grupo de participantes que enfrentou quatro paredões, e só venceu a última prova do líder, que foi de resistência e durou 17 horas, o que garantiu a médica na final do programa.

    Além disso, sua amizade com Antônio ‘Cara de Sapato’ conquistou muitos fãs, que se apelidaram de “docshoes” e garantiram sua permanência na casa, mesmo após a expulsão do lutador por importunação sexual. Apesar de não evoluírem para um romance dentro da casa, os dois estiveram literalmente conectados desde o início do programa, quando entraram acorrentados um ao outro, após a escolha do público em uma dinâmica inicial proposta pelo BBB23.

    Mesmo recebendo carinho de grande parte dos espectadores do programa, nem todos aprovaram a vitória da sister. Amanda também foi apontada como “planta” por parte do público, o que gerou uma onda de críticas nas redes sociais de usuários insatisfeitos com sua conquista. Em declarações posteriores, ela disse que precisou aprender a lidar com os haters na internet após o fim do reality.