Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Sonho milionário: ex-BBBs se queixam da falta de oportunidade após reality

    Quase duas semanas após o fim do BBB 24, ex-participantes utilizaram as redes sociais para expor dificuldades

    Ex-participantes expõem dificuldades financeiras após o BBB 24
    Ex-participantes expõem dificuldades financeiras após o BBB 24 Reprodução/Instagram

    Aline Oliveirada CNN

    Eliminados ao longo do BBB 24, alguns ex-participantes utilizaram as redes sociais nesta sexta-feira (26) para desabafar sobre suas situações após o reality show. De acordo com eles, faltam oportunidades de trabalho.

    Nesta tarde, um membro da equipe de Michel Ribeiro utilizou a conta do professor de geografia no X (antigo Twitter) para falar sobre o assunto.

    “Confesso que eu, adm, pensei que as oportunidades chegariam para TODOS ainda que a gente saiba que poucos se destacam, não pensei que seria tão difícil pra maioria”, escreveu o administrador da conta do ex-BBB.

    “Juro, vocês não sabem, mas todos ou estão devendo ou gastando o que não tem em busca de oportunidades”, ainda complementou.

    Questionado pelos seguidores, o membro da equipe de Michel ainda esclareceu o motivo do professor não voltar a lecionar.  “Michel é professor e precisa de designação pra voltar a dar aula. As designações não são em qualquer época do ano! É isso que ele sabe fazer mas está tentando se reinventar”, disse.

    Diante da repercussão do assunto, Nizam Hayek, que também fez parte do elenco do BBB 24, desabafou: “Assim como a maioria, eu também pensei que muitas portas iriam se abrir, só não imaginava que seria na base da bicuda”, escreveu no X, antigo Twitter.

    Segunda eliminada da última edição, Thalyta Alves complementou ao compartilhar sua experiência após o reality. “Sim, galera, estamos todos no mesmo barco, Titanic [é] o nome [dele]. Infelizmente, o mito de que basta entrar no BBB para mudar sua realidade, é, sim, apenas um mito”.

    “Após a minha eliminação, tudo que recebi foram vários nãos ou ‘você não apareceu o suficiente, não gritou o suficiente, não tem seguidores suficiente'”, acrescentou a ex-BBB.

    Thalyta ainda fez questão de ressaltar que a falta de oportunidades ocorreu mesmo que sua imagem não tenha sido afetada durante o confinamento. “Não saí cancelada, não pisei ou humilhei ninguém, talvez, se tivesse feito, teria ido mais longe no jogo”, refletiu.

    Já o sexto eliminado do programa, Lucas Luigi, ainda brincou: “Todo mundo me perguntando sobre oportunidades e tals. Que oportunidade?”, publicou no X.

    Através de seu perfil do Instagram, Maycon Cosmer, o primeiro eliminado do BBB 24, fez questão de mostrar seus boletos que estão acumulando. “Tenho um boleto de condomínio, que eu nem abri, porque não vou pagar agora. Tem taxa de lixo, IPTU (…) nome no SPC, no Serasa, três cartões de créditos atrasados. É assim que está a vida do ex-BBB”, afirmou.

    Na última segunda-feira (22), Juninho, o sétimo eliminado, impressionou os seguidores ao revelar que continuava trabalhando como motoboy. “Alguém: ‘Nossa, depois que saiu do BBB sumiu! Ficou rico, é?’ Eu: ‘Aham, vou ali fazer umas entregas e já volto pra gente conversar’”, escreveu em um vídeo no Instagram.

    Acompanhando os relatos, Eliezer, que terminou o BBB 22 em quarto lugar, decidiu compartilhar sua visão sobre o assunto — no entanto, o influenciador apagou as declarações algumas horas depois.

    “Todo anônimo que entra no BBB tem essa expectativa de fazer muito dinheiro com publicidade no pós”, admitiu. “Acredito que criamos isso depois do BBB 21, onde todos os participantes fizeram grana com muita rapidez, mas a verdade é que é difícil”, ainda disse.