Billie Eilish lança clipe de “Male Fantasy”, dirigido e editado por ela

A música, do álbum “Happier Than Ever”, lançado em julho deste ano e indicado ao Grammy em várias categorias, fala sobre a forma artificial de como as mulheres são retratadas na pornografia

Billie Eilish durante evento em Los Angeles, no dia 4 de dezembro
Billie Eilish durante evento em Los Angeles, no dia 4 de dezembro FilmMagic/Getty Images

Debora Sandercolaboração para a CNN

Ouvir notícia

A cantora norte-americana Billie Eilish lançou nesta segunda-feira (6) o clipe da música “Male Fantasy”, faixa que encerra o álbum “Happier Than Ever”. Na produção, dirigida e editada pela artista, Billie aparece em atmosfera melancólica e introspectiva, transitando com o olhar vazio pelos vários cômodos de uma casa, em uma narrativa audiovisual que remete ao decorrer de um dia arrastado, difícil e solitário.

Na música, a artista canta sobre o incômodo com a forma artificial de como as mulheres são retratadas na pornografia, que aponta ser uma fantasia masculina, mas admite usar como uma maneira de se distrair. Em seguida, a letra reflete sobre a assimilação de relacionamentos que chegaram ao fim.

Ao falar sobre a canção em entrevista à “Vice” em setembro, a cantora de 19 anos revelou sua dificuldade em compor músicas que exponham seus sentimentos no presente.

“Acho muito mais fácil escrever sobre meu passado e como eu costumava me sentir, e encontrar uma nova perspectiva sobre algo que aconteceu comigo. Eu normalmente não escrevo sobre o que estou passando no momento porque é difícil de processar. Foi difícil, satisfatório, revelador e também incrivelmente catártico”, afirmou.

No último ano, Billie Eilish divulgou os clipes de cinco outras músicas do álbum “Happier Than Ever”, lançado em julho deste ano, incluindo a faixa-título, “Your Power”, e “Lost Cause”. Em novembro, a artista recebeu sete indicações ao Grammy – entre elas, nas categorias Gravação do Ano e Música do Ano, pela canção “Happier Than Ever”, e em Álbum do Ano, pelo disco homônimo.

Mais Recentes da CNN