Britney Spears diz que não vai mais fazer shows até ter controle sobre sua vida

"Eu não vou colocar maquiagem pesada e tentar subir no palco novamente e não ser capaz de fazer negociações dos remixes das minhas músicas por anos", afirma

Cantora vive sob tutela do pai desde 2008
Cantora vive sob tutela do pai desde 2008 Foto: Ethan Miller/Getty Images

Tamires Vitorio, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A cantora Britney Spears usou seu perfil no Instagram na madrugada deste domingo (18), para afirmar que não fará mais shows até ter o controle sobre sua própria vida. Spears, que vive sob a tutela do pai desde 2008, disse que “não irá se apresentar em nenhum palco tão cedo com o pai cuidando do que veste, diz, faz ou pensa”.

“Eu não vou colocar maquiagem pesada e tentar subir no palco novamente e não ser capaz de fazer negociações dos remixes das minhas músicas por anos, e implorar para colocar minhas novas músicas no meu show para os meus fãs”, escreveu a cantora. “Então eu parei”, continuou.

Spears ainda afirma que “não gosta que a irmã mais nova”, a também atriz Jamie Lynn Spears, “tenha aparecido em uma premiação e performado remixes das minhas músicas”. “Minha suposta rede de apoio me machucou profundamente. Essa tutela matou meus sonhos. Então tudo que eu tenho é esperança e esperança é a única coisa neste mundo que é difícil de matar… mas as pessoas ainda tentam”, disse.

O pai da cantora, Jamie Spears, entrou com o pedido de tutela em 2008, logo após a filha ter sido internada, conquistando o direito de controlar toda a fortuna e as decisões dela. Uma garantia rara concedida pela corte de Los Angeles, uma vez que medidas como esta são mais comuns em relação a idosos com problemas de memória e perda de capacidades. 

O pai e o advogado passaram a ser responsáveis por Britney Spears por tempo indeterminado, gerindo a fortuna avaliada em US$ 60 milhões, bem como as questões de ordem médica e legal. 

Spears fez a postagem como uma resposta às críticas que vem recebendo sobre seus vídeos dançando que publica em suas redes sociais. “Prefiro compartilhar vídeo da minha sala em vez de no palco em Las Vegas, onde algumas pessoas estavam tão perdidas que nem conseguiam apertar minha mão e acabei entrando em contato com pessoas chapadas de maconha toda hora”, disse ela. “Se você não gosta do que vê, pare de me seguir.”

*Com informações de Derla Cardoso e Leonardo Lopes, da CNN em São Paulo

 

Mais Recentes da CNN