Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Cartas com piadas sexuais escritas por Lady Di ao rei da Grécia são leiloadas

    As correspondências escritas pela princesa Diana foram vendidas por mais de R$ 30 mil; veja os detalhes

    Correspondências de Diana foram leiloadas por mais de R$ 30 mil reais
    Correspondências de Diana foram leiloadas por mais de R$ 30 mil reais Bettmann/Getty Images

    Caroline Ferreiracolaboração para a CNN

    São Paulo

    Apesar da timidez, até mesmo por conta da sua posição na família real, a princesa Diana sempre foi aliada do bom humor. Bem, isso quem diz são aqueles que conviveram com a mãe dos príncipes William e Harry – morta em um acidente automobilístico em 1997.

    Inclusive, traços de sua personalidade ficaram ainda mais evidenciados diante de dois cartões que ela enviou para Constantino II, o último rei da Grécia e, de quebra, padrinho do príncipe William.

    As correspondências fazem parte do lote de objetos pessoais de Diana que foram leiloados na última quarta-feira (17) pela casa de leilões Dominic Winter Auctioneers, de Londres.

    Piadas e conotações sexuais nas cartas

    O primeiro cartão traz na capa o desenho de uma mulher recebendo sexo oral com a seguinte mensagem: “Qual a definição de homem perfeito?”. Enquanto isso, a parte de dentro diz: “Um anão com uma língua de 25 centímetros que consegue respirar pelas orelhas”.

    Na segunda correspondência, “Adão veio primeiro” na capa e “É o que homens sempre fazem”, internamente. Em inglês, a palavra “came” tem dois significados, “vir” e “gozar”. Com isso, a mensagem também poderia ser lida como “Adão ‘gozou’ primeiro”.

    Confira:

    Detalhes das correspondências de Diana enviada para Constantino II / Reprodução/Dominic Winter
    Cartas enviadas por Diana tinha conotação sexual e piadas com duplo sentido / Reprodução/Dominic Winter

    Leilão 

    O valor dos itens pode chegar a 5 mil libras, o que se aproxima dos R$ 30 mil, de acordo com a estimativa feita pela casa de leilões, que não sabe o motivo para o envio dos cartões.

    “Diana deve ter visto cartões e se lembrou de Tino antes de compra-los e enviá-los, possivelmente inspirada por uma conversa que tiveram em uma reunião social. Eles eram amigos”, diz trecho do anúncio.

    Em fevereiro deste ano, uma coleção com mais de 30 cartas íntimas da princesa foi vendida por US$ 169.663, aproximadamente R$ 900 mil.

    As correspondências, escritas em papel timbrado do Palácio de Kinsengton com a cifra real de Diana, foram enviadas pela ex-mulher do rei Charles 3º para um casal de amigos Susie e Tarek Kassem.