Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CCXP22: Netflix anuncia lançamentos, mostra conteúdos exclusivos e reúne atores e fãs

    Presença de Jenna Ortega para repercutir sucesso de “Wandinha” marcou evento; a saga da filha da Família Addams em uma releitura de Tim Burton se tornou a produção em língua inglesa com mais horas assistidas no curto espaço de tempo em que foi lançada

    Em seu primeiro painel presencial desde o início da pandemia, a Netflix contou com a presença de vários atores de suas produções de sucesso
    Em seu primeiro painel presencial desde o início da pandemia, a Netflix contou com a presença de vários atores de suas produções de sucesso Divulgação/Netflix

    Giovanna Bronzeda CNN

    em São Paulo

    A Comic Con Experience 2022 – a CCXP22 – chegou ao terceiro dia neste sábado (3) com Netflix promovendo um dos maiores painéis do evento sobre cultura pop.

    Durante a exibição, atores de grandes produções subiram ao palco e os fãs puderam ver conteúdo exclusivo de séries como “Wandinha”, “The Witcher”, “Sandman”, “Heartstopper” e “Sintonia”.

    Em seu primeiro painel presencial desde o início da pandemia, a Netflix contou com a presença dos atores da série Sintonia: Jottapê, Christian Malheiros e Bruna Mascarenhas, que subiram ao palco para falar sobre a nova temporada da série.

    Christian reforçou a importância de “humanizar personagens pretos, que costumam ser massacrado na dramaturgia” e que, em Sintonia, um dos grandes pontos é poder representar e poder falar da periferia.

    A plataforma aproveitou o painel para apresentar um conteúdo promocional exclusivo da quarta temporada de Sintonia. Ainda não foi divulgada data de estreia ou previsão de lançamento.

    Um dos grandes momentos foi a presença do ator Noah Centineo, queridinho do público brasileiro desde sua participação em “Para todos os garotos que já amei”. Desta vez, Centineo veio ao Brasil para divulgar o filme “Recruta”, em que interpreta um jovem advogado recém-contratado pela CIA.

    De acordo com o ator, o público vai se identificar com o personagem pois ele está passando por seu primeiro emprego e querendo mostrar seu valor. “Uma das diferenças é que no caso do Owen, é uma questão de vida ou morte”, explica. “Ele vai trabalhar na CIA como seu primeiro trabalho”.

    Para o papel, Centineo disse que teve que realizar uma pesquisa aprofundada sobre o serviço de inteligência do governo dos Estados Unidos e sobre como um advogado trabalha.

    O ator explicou que um ponto de dificuldade na atuação foi encenar receber um soco, pois, segundo ele, é mais fácil apenas fingir que está batendo em alguém do que apanhando.

    O público pode assistir ao trailer e a uma cena exclusiva de “Recruta”, que chega no dia 16 de dezembro na Netflix. Ainda durante o painel, a Netflix promoveu o encontro de três fãs com Centineo no palco.

    Outro lançamento foi Glass Onion – Um Mistério Knives Out. Além do trailer, o serviço de streaming exibiu uma mensagem em vídeo exclusiva de atores como Daniel Craig, Edward Norton e Janelle Monáe. O longa de mistério estreará na Netflix em 23 de dezembro.

    A Netflix ainda exibiu conteúdo de séries como Alice in Borderland II, prevista para 22 de dezembro, e Seven Deadly Sins: Fúria de Edimburgo – Parte 1, que estreia no dia 15 deste mês.

    Outro destaque do painel foi a participação dos atores Kit Connor e Joe Locke, astros da série “Heartstopper”. A série caiu no gosto dos brasileiros e se tornou muito amada pela comunidade LGBTQIA+ no mundo ao retratar o primeiro amor de dois garotos de uma forma sensível.

    “Eu sinto que estou vivendo um sonho e estou muito feliz”, descreveu Joe Locke no palco. Os atores ficaram chocados ao descobrir que dois fãs presentes no evento tinham tatuagens da série.

    Para a preparação de Heartstopper, Joe Locke teve que aprender a tocar bateria, enquanto Kit Connor teve que aprender a jogar rúgbi.Os atores ainda falaram sobre a importância da série e sobre se sentirem honrados em contar uma história que fez com que algumas pessoas se sentissem confortáveis para saírem do armário e se assumirem para os pais, por exemplo.

    Os atores adiantaram que já gravaram a segunda temporada de Heartstopper, mas não deram detalhes. “Terminamos de gravar e tivemos que subir em um avião em direção ao Brasil”, contou Locke.

    Outra série amada pelos brasileiros que ganhou espaço durante o painel da Netflix – além de ocupar a maior parte do estande gigantesco do serviço de streaming – é Round 6.

    O ator sul-coreano Park Hae-soo subiu ao palco para falar sobre seu personagem em Round 6 e exibir cenas da segunda temporada de La Casa de Papel: Coreia, em que interpreta Berlim. A segunda temporada da série chega em 9 de dezembro.

    Os fãs também puderam ver imagens inéditas da série spin-off do mundo do bruxo Geralt de Rívia: The Witcher: A Origem. Nesta produção, o Continente é repleto de elfos guerreiros e conta histórias do mundo que os fãs da série de videogames amaram reencontrar na adaptação. Além do trailer e de imagens exclusivas, os fãs também puderam ouvir os atores Sophia Brown, Laurence O’Fuarain e Joey Batey da série.

    Um dos mais recentes sucessos da Netflix é “Sandman”, adaptação da história em quadrinhos escrita pelo autor Neil Gaiman. Vivienne Acheampong, Kirby Howell-Baptiste e Gwendoline Christie, que estrelam a produção, se divertiram e se emocionaram ao serem ovacionadas quando subiram no palco.

    Durante a participação das atrizes, elas falaram sobre o conhecimento do trabalho de Neil Gaiman. Kirby revelou que já havia lido American Gods anteriormente, enquanto Gwendoline revelou que um amigo sempre recomendava Gaiman para ela pois ela iria “amar os livros”. Já Vivienne descreveu o escritor como um “gênio absoluto”.

    Ao interpretar Lucifer na série, Gwendoline falou sobre o personagem nos quadrinhos que foi inspirado em uma versão de David Bowie. “Eu realmente amo Lucifer”, contou a atriz. “E eu acho que Neil Gaiman criou Lucifer durante uma revolução de como retratamos essa figura”.

    Para os fãs presentes no auditório, foi possível ver um vídeo exclusivo de Neil Gaiman anunciando a segunda temporada de “Sandman” e confirmando a presença da personagem Delírio, uma das mais amadas dos quadrinhos. A Netflix também exibiu uma cena exclusiva exclusiva da primeira temporada da série, de uma conversa entre o senhor dos sonhos e a morte.

    A presença de Jenna Ortega para repercutir o sucesso estrondoso de “Wandinha” marcou grande final. A saga da filha da Família Addams em uma releitura de Tim Burton se tornou a produção em língua inglesa com mais horas assistidas no curto espaço de tempo em que foi lançada.

    Para a abertura, o evento contou com uma orquestra tocando “Paint it Black”, dos Rolling Stones, e com uma violoncelista caracterizada como Wandinha.

    Jenna Ortega começou o painel falando sobre seu amor por Gal Costa, após ter publicado um story no Instagram com a música da cantora como trilha sonora. Quando perguntada sobre como a Wandinha se sentiria no Brasil, ela disse que a personagem provavelmente ficaria um pouco sobrecarregada, mas animada em estar em um ambiente diferente; mas que logo ficaria irritada com os “muitos toques e abraços” brasileiros.

    Durante a fala de Ortega, Gwendoline voltou ao palco (pois estrela ambas as produções), trocando o vestido branco que estava usando por um preto, em homenagem à Wandinha.

    Ao descrever a série, Gwendoline não escondeu seu entusiasmo sobre quando leu o roteiro: “Eu senti que era nova, era moderna. Era exatamente algo que eu queria assistir enquanto ainda estava preservando os personagens e a história da Família Addams”, contou.

    A atriz também falou sobre como foi trabalhar com Tim Burton. “Eu sempre quis trabalhar com ele durante toda minha vida e é realmente um sonho se tornando realidade”, conta. “Tim realmente permite que as pessoas sejam elas mesmas, ele é muito respeitoso e colaborativo, ele me deu uma grande quantidade de confiança para representar a minha personagem e na minha performance”.

    Durante a parte de “Wandinha”, que encerrou o painel, os fãs também puderam ver cenas exclusivas dos bastidores com erros de gravação dos atores da série.

    Lançamentos anunciados pela Netflix na Comic Con Experience

    – Segunda temporada de La Casa de Papel: Coreia: 9 de dezembro.
    – “Recruta”, com Noah Centineo: 16 de dezembro.
    – Seven Deadly Sins: Fúria de Edimburgo – Parte 1: 20 de dezembro.
    – Alice in Borderland II: 22 de dezembro.
    – Glass Onion – Um Mistério Knives Out: 23 de dezembro.
    – The Witcher: A Origem: 25 de dezembro.