Rihanna, Huck, Messi, CR7 e mais: as doações milionárias contra a COVID-19

Artistas brasileiros e estrangeiros se mobilizam para ajudar a diminuir os impactos da doença 

A fundação Clara Lionel, da cantora Rihanna, fez uma doação de US$ 5 milhões
A fundação Clara Lionel, da cantora Rihanna, fez uma doação de US$ 5 milhões Foto: Lisi Niesner - 02.dez.2019/ Reuters

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Celebridades brasileiras e internacionais estão se mobilizando para tentar ajudar a diminuir os impactos da pandemia do novo coronavírus no mundo. Além de palavras de apoio e conselhos, algumas delas fizeram doações para ajudar as pessoas que lutam para sobreviver neste momento. Conheça algumas das ações tomadas por famosos do entretenimento e do esporte:

Rihanna

A fundação Clara Lionel, da cantora caribenha, fez uma doação de US$ 5 milhões a várias organizações que estão auxiliando nos trabalhos de combate à COVID-19. “Quando este ano começou, jamais poderíamos imaginar o quanto [o coronavírus] iria afetar dramaticamente nossas vidas”, disse a instituição.

Luciano Huck

O apresentador disse em sua conta no Instagram que reuniu, com a ajuda de família e amigos, mais de R$ 1,5 milhão. O valor será doado em breve e deve ser encaminhado a famílias de baixa renda. “A solidariedade deve ser mais contagiosa do que o vírus. Você que pode, faça o mesmo”, escreveu Huck.

Além disso, ele anunciou — junto ao grupo de amigos formado pelo jogador de futebol Neymar, o músico Thiaguinho, o ator Rafael Zulu, o jogador de vôlei Bruninho e o surfista Gabriel Medina — doações para auxiliar comunidades carentes. “Que as pessoas pensem mais no próximo, em especial, em um momento de tanta angústia, incertezas e sofrimento. Não estamos captando recursos, estamos doando recursos próprios e mobilizando amigos e familiares. Se quiser e puder, façam o mesmo”, disse o grupo.

Ivete Sangalo

A cantora doou cerca de mil camas e 5 mil peças de roupas para uma unidade de acolhimento a pacientes com o novo coronavírus em Salvador. A informação foi confirmada pelo governador da Bahia, Rui Costa, durante um programa transmitido em sua conta no Facebook.

Leia também: 

J.K. Rowling lança ‘Harry Potter em Casa’ para levar magia a isolamento

Comediante japonês morre aos 70 anos após contrair coronavírus

Oprah Winfrey

A apresentadora norte-americana anunciou em suas redes sociais a doação de US$ 10 milhões a iniciativas de combate ao vírus nos EUA. Parte do dinheiro irá para a iniciativa America’s Food Fund, lançada em conjunto pela Apple, Ford Foundation, Laurene Powell Jobs (viúva de Steve Jobs) e o ator Leonardo DiCaprio. O empreendimento irá ajudar os mais impactados pela epidemia, incluindo as crianças que dependem de merenda escolar, famílias de baixa renda, idosos e indivíduos que enfrentam dificuldades de emprego.

Cristiano Ronaldo

O craque português da Juventus doou US$ 1,1 milhão, valor que deve ser dividido entre hospitais de Lisboa e Porto.

Lionel Messi

O jogador argentino e atacante do Barcelona doou cerca de US$ 1,1 milhão para ajudar no combate à propagação do vírus. O dinheiro foi enviado à Clínica Barcelona e será destinado ao tratamento de pacientes infectados.

Giorgio Armani

O estilista italiano informou que todas as suas fábricas começarão a produzir macacões médicos descartáveis, um esforço para auxiliar os agentes de saúde durante a crise da doença. Além disso, Armani afirmou que doou 2 milhões de euros para hospitais italianos.

Justin Timberlake

O ator e cantor norte-americano disse no Instagram que fez uma doação, sem informar o valor, para o banco de alimentos Mid-South, localizado na cidade natal dele, Memphis. “São tempos difíceis, mas lembrem que estamos todos juntos. Comecem aos poucos e ajudem suas comunidades locais a conseguir alimentos para os que precisam”, escreveu.

Bong Joon-ho

O diretor do premiado filme Parasita doou mais de US$ 82 mil à Associação de Ajuda em Desastres Hope Bridge, da Coreia do Sul. Segundo a revista Newsweek, o dinheiro será usado para distribuir máscaras de proteção e desinfetantes para os mais necessitados.

Justin Bieber

O cantor canadense anunciou em fevereiro que doou cerca de US$ 28 mil para a fundação de caridade Beijing Chunmiao, que ajuda crianças carentes. “Vendo as notícias, não posso imaginar o quão assustador seria se uma nova doença afetasse a minha mulher, minha família e amigos”, escreveu ele no Instagram.

 

(Com Reuters)

Mais Recentes da CNN