Coronavírus faz Cirque du Soleil dispensar artistas por cancelamento de shows

Diretor da companhia canadense afirmou que essa era a única opção diante do surto do novo coronavírus

Ensaio do Cirque du Soleil em Londres; companhia dispensou quase todos funcionários após cancelar apresentações
Ensaio do Cirque du Soleil em Londres; companhia dispensou quase todos funcionários após cancelar apresentações Foto: Dylan Martinez - 15.jan.2016/ Reuters

Da CNN Brasil, em São Paulo

Ouvir notícia

O Cirque du Soleil Entertainment Group dispensou quase todos seus artistas nesta quinta-feira (19), já que o distanciamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus obrigou a empresa circense sediada em Montréal, no Canadá, a cancelar apresentações.

Cinemas, shoppings e varejistas fecharam as portas para limitar a propagação do vírus em muitos países, como Estados Unidos e Brasil, que tentam conter o avanço da doença.

No início deste mês, a empresa havia suspendido temporariamente seus shows em Las Vegas, cidade que concentra grande parte dos espetáculos da companhia.

Cidades e países em que o grupo se apresenta aprovaram por unanimidade a proibição de aglomerações públicas de mais de 250 pessoas seguindo orientações dos governos, disse a empresa.

“Esta decisão é nossa única opção”, disse o presidente-executivo, Daniel Lamarre, em comunicado.

O grupo circense canadense disse que uma equipe de apoio reduzida continuará a trabalhar nos planos de turnês e vendas de ingressos para shows mais adiante neste ano e em 2021 e se preparará para recontratar quando as produções forem retomadas.

Com informações da Reuters

Mais Recentes da CNN