Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Distopia e glamour entram em choque na estreia do novo “Mad Max” em Cannes

    Quinto filme da franquia chega aos cinemas no próximo dia 22 de maio

    Anya Taylor-Joy, Alyla Browne, Chris Hemsworth com a esposa Elsa Pataky e George Miller no tapete vermelho após sessão do filme "Furiosa: Uma Saga Mad Max", no 77º Festival de Cinema de Cannes, França
    Anya Taylor-Joy, Alyla Browne, Chris Hemsworth com a esposa Elsa Pataky e George Miller no tapete vermelho após sessão do filme "Furiosa: Uma Saga Mad Max", no 77º Festival de Cinema de Cannes, França 15/05/2024REUTERS/Yara Nardi

    da Reuters

    Chris Hemsworth, a realeza da Marvel, passou pelo tapete vermelho do Festival de Cannes ao lado da estrela do show, Anya Taylor-Joy, pela primeira vez na noite desta quarta-feira (15) para marcar a estreia mundial do aguardado filme do diretor George Miller, “Furiosa: Uma Saga Mad Max“.

    Hemsworth, também conhecido como Thor, desfilou sem gravata borboleta pelo tapete ao lado da esposa, Elsa Pataky, enquanto Taylor-Joy usou um elegante vestido sem alças. A atriz norte-americana Faye Dunaway e o diretor australiano Baz Luhrmann também compareceram ao evento.

    O quinto filme “Mad Max” chega às telas 45 anos após Miller apresentar pela primeira vez ao público seu universo cinematográfico distópico e está muito distante do filme original de 1979, estrelado por Mel Gibson.

    O foco do longa mais recente está nas origens de Furiosa, a motorista de caminhão com um braço só, interpretada com grande aclamação por Charlize Theron no filme anterior, “Mad Max: Estrada da Fúria”, de 2015.

    Desta vez, Furiosa é interpretada por Taylor-Joy, mais conhecida por “O Gambito da Rainha” e “A Bruxa”, e enfrenta Hemsworth como o senhor da guerra motociclista e barbudo — Dementus.

    A Variety e o Hollywood Reporter disseram que, apesar de o filme ter cenas de ação impressionantes e de Taylor-Joy ter um desempenho feroz, ele está um passo atrás do sucesso de “Estrada da Fúria”.

    Resumido no título da crítica da Variety: “A história da origem de Furiosa tem sequências deslumbrantes, mas o épico exagerado de George Miller não é ‘Estrada da Fúria'”.

    O público terá a chance de ver o filme da Warner Bros quando ele for lançado nos cinemas, no final deste mês — ele está programado para estrear mundialmente em 22 de maio e nos EUA em 24 de maio.

    “Furiosa”: Anya Taylor-Joy estrela trailer do derivado de “Mad Max”