Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Dublador brasileiro abandona anime após sofrer cyberbullying do público

    Voz conhecida da dublagem brasileira, Guilherme Briggs decidiu sair de "Chainsaw Man"

    Reprodução/Instagram

    Isabela Gadelhada CNN

    Um dos dubladores mais famosos do Brasil, Guilherme Briggs deu voz a personagens como Buzz Lightyer e Scooby Doo e é conhecido por dublar atores como Harrison Ford e Henry Cavill. No entanto, o profissional veio à público após começar a receber comentários de ódio sobre um dos seus trabalhos mais recentes, o anime Chainsaw Man, lançado em 2022, distribuído no Brasil pela plataforma de streaming Crunchyroll.

    O motivo foi a tradução de uma fala. Na versão da dublagem brasileira, o personagem diz “o futuro é show”. Mas, na tradução não oficial que fãs haviam feito, havia um palavrão. Por conta disso, Briggs até mesmo recebeu ameaças de morte.

    “Pessoal, compreendo as reclamações da versão dublada da fala do Demônio do Futuro, mas a explicação foi dada e muitos entenderam. Só não aceito desrespeito comigo e agressão. Quem fizer isso será, infelizmente, bloqueado. Vamos manter a paz, a educação e o bom senso”, escreveu no Twitter.

    Mesmo assim, as ameaças continuaram e até houve tentativa de hackear as contas do Instagram e do Twitter do profissional. No fim, ele decidiu se afastar do projeto. “Eu vou pedir pra sair da dublagem desse anime. Não quero mais estar nele. Para mim, acabou”, anunciou.

    Desde então Guilherme Briggs mantém suas redes sociais privadas. A plataforma de streaming Crunchyroll emitiu uma nota de apoio ao ator: “Não há lugar para bullying dentro da comunidade de anime. O Crunchyroll apoia plenamente o ator Guilherme Briggs e condena os ataques dirigidos a ele e seu fantástico trabalho de dublagem”.