‘Elite de verdade é a que faz parte da mudança’, diz CEO da ONG Gerando Falcões

No CNN Nosso Mundo desta sexta-feira (2), Edu Lyra analisou como podemos fazer do Brasil um país mais solidário

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O CNN Nosso Mundo desta sexta-feira (2) entrevistou o fundador e CEO da ONG Gerando Falcões, Edu Lyra, que analisou como podemos fazer do Brasil um país mais solidário e cobrou uma maior participação da elite nacional na evolução desse quesito.

A elite de verdade é a que faz parte da mudança

Edu Lyra, fundador e CEO da ONG Gerando Falcões

As doações para os mais vulneráveis, que bateram recordes no começo da pandemia, perderam força. A média mensal de contribuições, que em 2020 foi de R$ 726 milhões, neste ano não passa dos R$ 100 milhões, uma queda de 86%, segundo dados do Monitor de Doações da Covid-19, feito pela Associação Brasileira de Captadores de Recursos.

E não são apenas alimentos, dinheiro e bens materiais que estão minguando. As doações de sangue em todo o país caíram 10%, obrigando estados a buscar o remanejamento de estoques.

Frente aos números que mostram a queda nas doações em meio a um cenário de incertezas e crise gerado pela pandemia, o CNN Nosso Mundo tenta entender como fazer o país ser mais solidário. 

Segundo Lyra, “precisamos colocar o pobre no centro das decisões” para imprimir no Brasil uma transformação ética. Para isso, de acordo com ele, o “terceiro setor precisa estar conectado aos governos”. “O Brasil precisa entregar mais: educação e futuro”, disse o fundador da Gerando Falcões. 

É preciso colocar o sapato de quem é pobre por um dia

Edu Lyra tem 33 anos, e é fundador e CEO da Gerando Falcões, ONG que viabiliza projetos de impacto social em periferias e favelas do Brasil. Ele foi selecionado pelo Fórum Econômico Mundial como um dos 15 jovens que podem mudar o mundo, e entrou assim para o time do Global Shapers. 

Ele foi entrevistado por Lia Bock, Thaís Herédia e Rita Wu, e quem comandou a atração foi Luciana Barreto. O CNN Nosso Mundo é exibido às sextas-feiras, a partir das 22h30.

CNN está no canal 577 nas operadoras Claro/Net, Sky e Vivo. Para outras operadoras, veja aqui como assistir à CNN. O programa também pode ser assistido ao vivo no site da CNN Brasil.

*Editado por Daniel Fernandes

Mais Recentes da CNN