Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Emily Carey, estrela de “A Casa do Dragão”, deleta conta do Twitter

    Atriz, de 19 anos, fez comentários sobre sua caracterização da versão mais jovem de Alicent Hightower e recebeu críticas na mídia social

    Emily Clarke interpreta uma versão mais jovem de Alicent Hightower
    Emily Clarke interpreta uma versão mais jovem de Alicent Hightower Divulgação

    Lisa Respers Franceda CNN

    Emily Carey tem 19 anos e diz que adora as redes sociais.

    Mas ser adolescente nos aplicativos é diferente quando você está em “A Casa do Dragão” e seus comentários sobre seu papel causam uma reação negativa.

    Emily Carey conversou com o “News.com.au” sobre o que aconteceu após alguns comentários que ela fez sobre seu personagem, uma versão mais jovem de Alicent Hightower.

    Durante uma aparição na Comic-Con, ela explicou como surgiu com a história de fundo de Alicent e expressou: “Eu nunca tive a liberdade de criar um ser humano inteiro assim antes. Então foi muito divertido poder ir tão fundo com ela.”

    “Acho ela tão multifacetada. Há tantas camadas para ela”, disse Carey. “Acho que muitas pessoas já estão esperando que ela seja a vilã da série, mas acho que trazê-la mais jovem, havia muito mais para explorar.”

    Alguns fãs do romance “Fire & Blood”, de George R.R. Martin, no qual a série é baseada, discordaram da caracterização de Carey da jovem que ela interpreta.

    “Tenho 19 anos, e estou nas redes sociais desde criança porque trabalho desde criança, então estou muito consciente das coisas… Qualquer ódio que vier, é apenas… Uma pessoa por trás de uma tela”, disse ela à publicação. “Você apenas tem que seguir em frente com isso.”

    “Mas vou dizer que excluí o Twitter [depois da Comic-Con] porque é muito barulhento”, acrescentou Carey. “Mesmo quando é bom, há tanta gente e é tão alto.”

    “A Casa do Dragão” estreou no domingo (21) para cerca de 10 milhões de espectadores, tornando-se “a maior audiência de qualquer nova série original na história da HBO”, segundo a rede.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original