Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Ex-BBB Eliezer realiza cirurgia para reduzir tamanho das mamas; entenda o procedimento

    Empresário e marido de Viih Tube conta que sempre se incomodou com esta parte do corpo e decidiu operar

    Ex-BBB Eliezer se incomodava com o tamanho dos seios e realizou cirurgia para diminuir
    Ex-BBB Eliezer se incomodava com o tamanho dos seios e realizou cirurgia para diminuir Reprodução/Eliezer/Instagram

    Beatrice Teizencolaboração para a CNN

    O empresário e ex-BBB Eliezer contou nesta quarta-feira (30) em suas redes sociais que realizou uma cirurgia de ginecomastia, associada à lipoaspiração, para reduzir o tamanho de suas mamas.

    De acordo com o influencer, esta era uma parte de seu corpo que sempre o incomodou. Ele já havia falado sobre a insatisfação outras vezes na internet.

    “O tamanho dos meus peitos sempre me incomodou e resolvi diminuir. Está tudo bem, já estou em casa, sem dores e me recuperando. Deu tudo certo, a cirurgia foi um sucesso”, disse ele nos stories. “Já estou sem meus peitos”, brincou.

    Segundo o cirurgião plástico membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Antônio Pitanguy, a ginecomastia – que é o aumento do tecido mamário ou gorduroso na região do tórax masculino – pode ser causada por distúrbios hormonais, obesidade, uso de medicamentos, como testosterona, e até mesmo neoplasias (massa anormal de tecido).

    Ele aponta ainda que a condição é mais comum do que se imagina, especialmente quando se considera a pseudoginecomastia, que não envolve o aumento do tecido mamário glandular, mas, sim, o acúmulo excessivo de gordura. Neste caso, a aparência é causada principalmente pelo excesso de gordura, em vez de crescimento glandular real das mamas.

    Eliezer mostrou no Instagram alguns processos da cirurgia de ginecomastia / Reprodução/Eliezer/Instagram

    “A cirurgia é recomendada quando ocorre este aumento, que pode acontecer tanto na adolescência como na idade adulta, frequentemente causando desconforto significativo aos pacientes. É essencial conduzir uma investigação completa para descartar diagnósticos diferenciais, já que a sua origem pode variar de paciente para paciente”, explica.

    Antônio Pitanguy explica que a cirurgia não envolve riscos específicos, além dos perigos inerentes a qualquer procedimento cirúrgico, mas que é muito importante que o paciente seja submetido a uma avaliação clínica prévia, incluindo exames clínicos, exames de imagem e, quando necessário, a opinião de outros especialistas.

    “A ginecomastia também pode possuir tratamentos diferentes que não envolvem a cirurgia, como o uso de medicamentos para diminuir a quantidade de hormônios”, diz.

    Combinação com outros procedimentos

    O marido de Viih Tube realizou a cirurgia de ginecomastia juntamente com uma lipoaspiração de alta definição.

    De acordo com o médico especialista, a combinação é indicada quando o paciente apresenta queixas adicionais, muitas vezes relacionadas à lipodistrofia (acúmulo de gordura resistente a dieta e exercícios) em outras áreas do corpo. Em casos como esses é possível realizar ambos os procedimentos de uma vez.