Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Feridos em incêndio de apartamento de Zé Celso sofreram queimaduras, diz hospital

    Estado de saúde do dramaturgo nesta quarta ainda não foi divulgado

    O diretor de teatro Zé Celso fala ao público durante audiência pública no Teatro Oficina, em São Paulo, para discutir a aprovação da Condephaat para a construção de duas torres comerciais ao lado do teatro., em setembro de 2013.
    O diretor de teatro Zé Celso fala ao público durante audiência pública no Teatro Oficina, em São Paulo, para discutir a aprovação da Condephaat para a construção de duas torres comerciais ao lado do teatro., em setembro de 2013. JOSÉ PATRÍCIO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

    Carolina Fariasda CNN

    São Paulo

    Três vítimas do incêndio do apartamento do dramaturgo e diretor de teatro Zé Celso, de 86 anos, no bairro do Paraíso, em São Paulo, na terça-feira (4), foram transferidos nesta para o Hospital São Paulo na Vila Clementino, na zona sul da capital paulista. Eles sofreram queimaduras.

    O marido do diretor, Marcelo Drummond, Victor Rosa e Ricardo Bittencourt foram inicialmente encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Mariana por conta da inalação de fumaça.

    O Hospital São Paulo, informou nesta quarta informa que os pacientes vítimas do incêndio deram entrada na tarde de terça e continuam internados em observação, na semi-intensiva, da unidade de Queimados do HSP.

    “O quadro dos três é estável e eles estão sendo assistidos pela equipe, conforme as condutas adotadas em cada caso. Ainda não há previsão de alta”, diz o comunicado do HSP.

    Na noite de terça, a médica Luciana Domschke afirmou que o estado de saúde do dramaturgo Zé Celso, é grave – ele está com 53% do corpo queimado. No entanto, ela afirmou que o quadro dele é estável.

    O vídeo foi publicado no perfil do Teatro Oficina, com as informações de Luciana, que também é atriz. Ela conversou com os médicos que cuidam do artista.

    Até a noite de terça-feira as informações sobre o dramaturgo é que ele está sedado e intubado na UTI do Hospital das Clínicas, em São Paulo, mas “continua lutando”, com suporte e utilizando medicamentos para deixar os “dados vitais dentro da normalidade”.

    O Hospital das Clínicas confirmou à CNN  disse não ter autorização para passar informações sobre o estado de saúde do diretor.

    (Com informações de Thaís Magalhães)