Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    “Garota de Ipanema” é a música brasileira mais regravada na história; veja o ranking

    De Frank Sinatra a Anitta, são mais de 400 versões da clássica música de MPB

    Tom Jobim e Vinicius de Moraes
    Tom Jobim e Vinicius de Moraes Arquivo / Reprodução

    Sofia Sampaioda CNN

    Toda pessoa brasileira conhece a clássica canção bossa nova e MPB “Garota de Ipanema”, de autoria de Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Segundo o levantamento do ECAD (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), divulgado no domingo (16), o resto do mundo também a conhece bem, mesmo que em versões diferentes.

    Escrita em 1962, “Garota de Ipanema” lidera o ranking das músicas brasileiras mais regravadas na história. São 442 regravações no total, cantadas por uma extensa lista de artistas mundialmente famosos como Frank Sinatra, Madonna, Tim Maia, Ella Fitzgerald, Caetano Veloso e por aí vai.

    Inspirada na jornalista e ex-modelo Helô Pinheiro, a canção também já apareceu em produções do cinema e televisão inúmeras vezes. Em “The Big Bang Theory”, por exemplo, a personagem Amy aparece tocando a canção em uma harpa. Já em “Os Simpsons”, Homer dança ao som instrumental em um submarino.

    Outras canções clássicas da música popular brasileira, “Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso, e “Carinhoso”, de Pixinguinha e Braguinha, dividem a segunda colocação com 430 regravações no mundo inteiro. Fechando o pódio está “Asa Branca”, de Humberto Teixeira e Gonzagão, com 382 regravações.

    No Popverso CNN, Mari Palma e Phelipe Siani trouxeram ainda mais detalhes sobre as quatro canções do ranking:

    Tom Jobim e Vinicius de Moraes também aparecem na lista do ECAD com outras duas canções: “Eu Sei que Vou te Amar” e “Chega de Saudade”. Confira as 10 músicas brasileiras mais regravadas na história abaixo:

    1. “Garota de Ipanema”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes (442 gravações)
    2. “Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso – (430 gravações)
      “Carinhoso”, de Braguinha e Pixinguinha – (430 gravações)
    3. “Asa Branca”, de Humberto Teixeira e Gonzagão – 382 gravações
    4. “Manhã de Carnaval”, de Luiz Bonfá e Antonio Maria – (337 gravações)
    5. “Eu Sei que Vou te Amar”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes – (279 gravações)
    6. “Corcovado e Wave”, Tom Jobim – (261 gravações)
    7. “Chega de Saudade”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes – (257 gravações)
    8. “Desafinado”, de Tom Jobim e Newton Mendonça – 245 gravações
    9. “As Rosas Não Falam”, de Cartola – 235 gravações
    10. “Está Tudo Bem”, de Jessé Aguiar – 220 gravações

    Correção

    Ao contrário do informado anteriormente, a canção “Garota de Ipanema” foi composta por Tom Jobim e Vinícius de Moraes em 1962 e gravada pela primeira vez no início do ano seguinte, pelo cantor Pery Ribeiro.