Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Geovanna Tominaga revela diagnóstico de tumor benigno: “Faça exames de rotina”

    Artista relatou ter sido submetida a uma cirurgia para o tratamento de um adenoma da paratireoide em publicação no Instagram nesta terça-feira (17)

    Geovanna Tominaga revelou ter sido submetida a uma cirurgia para tratamento de um adenoma da paratireoide
    Geovanna Tominaga revelou ter sido submetida a uma cirurgia para tratamento de um adenoma da paratireoide Reprodução/Instagram

    Lucas Rochada CNN

    em São Paulo

    A atriz Geovanna Tominaga revelou em publicação no Instagram, nesta terça-feira (17), ter sido submetida a uma cirurgia para o tratamento de um tumor benigno.

    Conheça os sintomas e tratamento do adenoma da paratireoide.

    Segundo a artista, o procedimento foi realizado há uma semana e ela se recupera bem. Geovanna conta que descobriu o problema de saúde em exames de rotina  que avaliaram os níveis hormonais e de cálcio.

    “Hoje completo uma semana de pós-operatório com sucesso! ‘Adenoma de paratireoide’, você já ouviu falar? Era benigno!!!! Ufa… Mas pode causar complicações precoces na saúde, como a osteoporose. A ‘paratireoidite’ é silenciosa! Normalmente, só é descoberta após alguma intercorrência ou acidente bobo como quebrar um osso descendo do ônibus!”, disse.

    O médico oncologista Rafael De Cicco explica que o adenoma é um tipo benigno de tumor que afeta glândulas em geral, podendo ocorrer em outras partes do corpo além da tireoide.

    “O adenoma de paratireoide é a presença desse tumor benigno das glândulas paratireoides. Com a presença desse tumor a função da glândula é afetada e ela passa a produzir mais paratormônio do que o necessário. A essa condição é dado o nome de hiperparatireoidismo. O resultado é um aumento dos níveis sanguíneos de cálcio e é quando os sintomas começam a ser percebido pelo paciente”, diz.

    Os sintomas do adenoma de paratireoide estão relacionados ao aumento dos níveis do cálcio no organismo, devido ao hiperparatireoidismo.

    “Os primeiros sinais que os pacientes geralmente percebem são fadiga, constipação, dificuldade de concentração, perda de memória, sonolência, podendo evoluir para perda de apetite, fraqueza muscular, dores abdominais, emagrecimento, náusea e vômito, arritmia cardíaca e depressão. Além disso, o paciente também pode perceber a presença de um nódulo no pescoço”, afirma Cicco.