Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    (G)I-DLE diz para os fãs brasileiros: “Esperem só mais um pouco por nós”

    Em entrevista à CNN, o grupo feminino de k-pop falou sobre seu mais novo álbum, [I SWAY], e prometeu encontrar os fãs brasileiros em breve

    Cortesia da Cube Entertainment.

    Isabela Gadelhada CNN

    Em algumas partes do Brasil, o frio do inverno está trazendo ventos gelados. Já na Coreia do Sul, no Hemisfério Norte, o verão está a todo vapor. Pensando nisso, nesta segunda-feira (08) o grupo de K-pop (G)I-DLE lançou o single “Klaxon”, do mini-álbum “[I SWAY]”, que captura perfeitamente esse clima.

    À CNN, a chinesa YUQI disse que essa é a música perfeita para curtir enquanto dirige ou vai à praia com os amigos. No clipe, elas literalmente param o trânsito e se viessem passear na Avenida Paulista provavelmente o mesmo aconteceria. Mas, por enquanto, não há datas confirmadas de show por aqui – apesar de mais uma vez elas garantirem que pretendem, sim, ver os fãs brasileiros pessoalmente em um futuro próximo.

    No bate-papo com o quadro K-Tudo CNN, SOYEON, MIYEON, MINNIE, YUQI e SHUHUA falaram sobre o comeback, o que esperam de sua terceira turnê mundial e objetivos para o futuro. Confira:

    Vocês podem contar mais sobre o nome e o conceito desse comeback, “Klaxon”?

    YUQI: O principal conceito desse comeback é a essência do verão! É uma música perfeita para curtir enquanto dirige ou vai à praia com os amigos.

    Vocês sempre estão muito envolvidas na produção, composição e escrita das letras. Como cada membro contribuiu para o processo criativo nesse comeback?

    SOYEON: Assim como no álbum anterior, nossas integrantes participaram na composição e escrita das letras, e eu fiquei encarregada da produção de ‘Klaxon’.

    Vocês já passaram por bloqueio criativo? Como superaram?

    SOYEON: Todo dia enfrento um bloqueio criativo, e sempre que termino uma música, sinto que a próxima será meu limite. Em vez de superar, encaro como resolver um problema de cada vez. Com o tempo, acredito que vou conseguir.

    YUQI: Eu já enfrentei bloqueios criativos! No começo, fazia música porque achava divertido, mas agora há momentos em que parece um fardo. Ainda assim, me esforço muito no meu trabalho porque sou apaixonada por compartilhar música boa com todo mundo.

    Já se passaram seis anos. Como é olhar para trás e ver suas músicas representando diferentes fases que vocês passaram?

    MIYEON: Quando olho para os álbuns com diferentes conceitos e fases, lembro do tempo e das memórias que dedicamos. Isso me deixa orgulhosa e nostálgica. Também me faz querer me esforçar ainda mais no futuro.

    MINNIE: Sempre sonhei em ser cantora desde pequena, então realizar esse sonho é incrivelmente gratificante.

    SHUHUA: Como já se passaram seis anos, tenho sentimentos mistos ao olhar para nosso trabalho. É difícil acreditar que já se passaram seis anos. Tento fazer o meu melhor e aproveitar cada momento.

    Quando vocês eram mais jovens, o que queriam ser quando crescessem e como a carreira atual se compara a esse sonho?

    SHUHUA: Acho que tive inúmeros sonhos quando era jovem. No entanto, ser uma idol de K-POP foi a escolha certa que fiz, então estou feliz com minha decisão e não me arrependo.

    Como idols de K-POP, vocês têm suas personas no palco, mas também têm vidas pessoais. Quão diferentes são suas personas no palco de suas vidas fora dele?

    MIYEON: Acho que não há uma grande diferença, pois ajo da mesma forma no trabalho e em casa, HAHA.

    YUQI: Me sinto animada e feliz tanto no palco quanto fora dele. Embora haja momentos difíceis, geralmente mantenho uma personalidade positiva e alegre, e encaro a vida com um sorriso, então não vejo muita diferença entre estar no palco e fora dele.

    Quais são os novos objetivos que vocês têm para o futuro, seja na carreira ou na vida pessoal?

    MINNIE: Meu objetivo sempre foi ter uma carreira longa e bem-sucedida com o (G)I-DLE, e pessoalmente gostaria de lançar um álbum solo e me apresentar sozinha algum dia.

    SHUHUA: Comparado a ser uma idol de K-POP, acredito que haverá desafios diversos e mais entretenimento na atuação, então quero explorar gravar séries de TV ou filmes no futuro.

    Qual você diria que é o maior superpoder do (G)I-DLE?

    SOYEON: Acho que o maior superpoder é que somos um grupo que faz o que gosta e torna isso único.

    SHUHUA: Acredito que sermos cinco juntas como (G)I-DLE é a nossa maior força, já que todas temos personalidades extremamente cativantes.

    Vimos o anúncio sobre a nova turnê. O que mais estão ansiosas para vivenciar nessa turnê?

    MIYEON: Como esta é a nossa terceira turnê, estou ansiosa para criar mais memórias e espero que possamos aproveitar ainda mais. Também estou empolgada para mostrar uma nova performance para nossos fãs.

    MINNIE: Como esta é a nossa terceira turnê mundial, os locais se tornaram muito maiores, então estou ansiosa para me apresentar para mais NEVERLANDs e mostrar várias facetas do (G)I-DLE.

    Por fim, enviem uma mensagem para os fãs brasileiros!

    MINNIE: Obrigada por sempre nos apoiarem com tanta paciência. Vamos trabalhar mais para visitar o NEVERLAND no Brasil no futuro! Por favor, esperem por nós mais um pouco e amamos vocês demais!

    SOYEON: Obrigada aos nossos fãs no Brasil por nos apoiarem de longe. Somos muito gratas. Vamos definitivamente nos encontrar pessoalmente, então por favor, aguardem.

    YUQI: Sempre apreciamos o apoio de vocês de todo o mundo e sempre quisemos encontrar o NEVERLAND no Brasil. Sentimos muito por não termos tido oportunidade ainda, mas faremos o nosso melhor para criar mais chances no futuro. Por favor, esperem só mais um pouco por nós.