Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Jogo de Harry Potter quebra recorde mesmo antes de lançamento, apesar de controvérsia

    Hogwarts Legacy criou expectativa entre fãs, mas também sofre ataques devido à criadora da franquia, J.K. Rowling

    Vanessa Yurkevichda CNN

    O universo de Harry Potter está ganhando vida nova. Hogwarts Legacy, o novo videogame de mundo aberto da Avalanche e da Warner Bros. Discovery, empresa controladora da CNN, será lançado nesta sexta-feira (10), com muita expectativa.

    O game, feito para um jogador, levou cinco anos para ser feito – os especialistas estimam orçamento de US$ 150 milhões (R$ 790 milhões). Ele já quebrou um recorde na plataforma de transmissões ao vivo Twitch por ser o jogo single-player mais assistido, sendo transmitido por streamers que o conseguiram antecipadamente.

    Além disso, é a pré-venda nº 1 desta semana na plataforma de jogos Steam.

    “Os jogos de estilo de mundo aberto são realmente um grande negócio na indústria de jogos”, disse Joost van Dreunen, professor adjunto da Stern School of Business, da Universidade de Nova York, e ex-CEO da empresa de pesquisa de mercado de jogos Super Data Research.

    “As expectativas são bastante altas não apenas dos consumidores, mas também dos próprios criadores de jogos”, pontuou.

    A Warner Bros. tem 20 anos de experiência lançando videogames de Harry Potter – mas esses foram baseados nos filmes. Nem todo jogo foi um sucesso de bilheteria, apesar da comunidade de fãs da franquia.

    Hogwarts Legacy é baseado em Harry Potter, mas se passa no final dos anos 1800, bem antes do período retratado nos livros, e abre o universo da franquia para além do Castelo de Hogwarts.

    Os jogadores são avatares de bruxas ou magos que completam missões para ganhar habilidades como voar em uma vassoura.

    “Eles definitivamente lançaram alguns grandes títulos e trabalharam com algumas grandes franquias, mas seus jogos foram um sucesso e um fracasso”, avalia Dan Martin, gerente-geral da Videogamesnewyork sobre os jogos da Warner Bros.

    O lançamento do videogame foi adiado duas vezes – aumentando a empolgação dos fãs, mas depois fracassando. A Videogamesnewyork, uma loja da cidade de Nova York que vende videogames modernos e retrô, está encomendando apenas jogos suficientes para sua loja com base em pré-encomendas.

    “Não estamos pedindo a mais ou a menos. Apenas porque não sabemos o que esperar”, destacou Martin.

    Polêmica

    Parte da expectativa do jogo é baseada na controvérsia em torno da criadora de Harry Potter, J.K. Rowling. A autora repetidamente fez comentários anti-trans, e alguns dos atores dos filmes se manifestaram contra eles. Alguns jogadores também estão boicotando o Hogwarts Legacy por causa da controvérsia.

    “Não é um risco comercial tanto quanto cultural”, ressaltou van Dreunen sobre o lançamento do jogo.

    O jogo apresenta uma personagem trans, inédito na franquia. Embora a personagem de Hogwarts Legacy Sirona Ryan não diga explicitamente que ela é trans, o diálogo em uma cena sugere isso: “[Eles] levaram um segundo para perceber que eu era realmente uma bruxa, não um bruxo”, diz a personagem.

    A Warner Bros. Discovery afirmou que criar diversos personagens era uma alta prioridade para abranger todas as pessoas que jogam os jogos, incluindo a comunidade LGBTQIA+.

    A empresa diz que J.K. Rowling não está envolvida no jogo Hogwarts Legacy, mas ela ainda pode fazer royalties de licenciamento.

    Alguns fãs se afastaram da franquia por causa dos comentários de Rowling, outros dizem que não vão deixar isso atrapalhar a experiência de um novo mundo de Harry Potter.

    “Houve um momento em que pensei que isso impactaria minha visão sobre todo o mundo de Harry Potter, mas consigo separar a situação de JK Rowling do mundo de Harry Potter”, apontou Camila Rodrigues, fã que diz planejar comprar o jogo.

    Apesar da controvérsia, os especialistas em jogos antecipam um lançamento de grande sucesso – vendendo facilmente 10 milhões de cópias, de acordo com algumas estimativas. De certa forma, o jogo é uma oportunidade de reformulação da marca para a franquia.

    “Talvez tenha espaço para desenvolver algo novo, para repetir o relacionamento existente com sua base de fãs. Talvez entrar neste videogame de grande produção permita que a franquia meio que se salve um pouco do empecilho que está experimentando culturalmente”, avaliou van Dreunen.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original