John Davis, cantor por trás da Milli Vanilli, morre aos 66 anos de Covid-19

A dupla Milli Vanilli, liderada por dois artistas, escondia que os responsáveis pelos vocais das gravações eram outros cantores, como Davis

John Davis em performance em Eisenach, Alemanha
John Davis em performance em Eisenach, Alemanha Foto: Nico Schimmelpfenning/Picture Alliance/Getty Images

Zamira Rahim, da CNN

Ouvir notícia

John Davis, um dos verdadeiros cantores por trás da notória banda de R&B Milli Vanilli, morreu em decorrência da Covid-19 aos 66 anos, de acordo com a família.

A filha do músico, Jasmin Davis, confirmou o ocorrido à CNN na quinta-feira (27).

Ela revelou a notícia inicialmente em uma publicação no Facebook do pai nesta semana.

“Infelizmente, meu pai faleceu nesta manhã pelo coronavírus”, escreveu na segunda-feira.

“Ele fez muitas pessoas felizes com sua risada e sorriso, seu espírito alegre, amor e especialmente pela sua música. Ele deu tanto ao mundo! Por favor o deem um último aplauso.”

A Milli Vanilli foi uma banda alemã e francesa liderada por Rob Pilatus e Fab Morvan, que foi derrubada após a notícia de que não eram os dois os responsáveis pelos vocais em suas gravações.

Os verdadeiros cantores estavam por trás das cortinas, incluindo Davis.

A dupla musical venceu o Grammy em 1989 de Melhor Novo Artista, mas perdeu o prêmio após a verdade emergir.

Davis continuou sua carreira musical após o escândalo, dessa vez como líder da performance. Ele cantou com estrelas como Luther Vandross e fez shows em todo o mundo, além de compor trilhas sonoras para filmes.

O músico, nascido na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, se mudou para a Alemanha onde fez aparições na televisão ocasionalmente.

“Na noite passada perdemos: um pai, um irmão, um avô, um amigo…e um músico sem igual”, escreveu Jasmin Davis em uma página do site GoFundMe sobre o funeral do pai.

“Estamos profundamente tristes pela sua passagem e sentiremos sua falta, especialmente de seu sorriso e risada”.

(Texto traduzido. Leia o original em inglês).

Mais Recentes da CNN