Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Jornalista Anne Lottermann revela que teve câncer de pele após morte do marido

    Apresentadora perdeu o parceiro em 2017 em decorrência também de um câncer, porém na região do peritônio

    Anne Lottermann também disse como lida com o luto
    Anne Lottermann também disse como lida com o luto Reprodução/Instagram/@annelottermann

    Larissa Soarescolaboração para a CNN

    São Paulo

    A jornalista Anne Lottermann compartilhou pela primeira vez, em entrevista ao “Programa Reviravolta”, apresentado por Erica Reis e Denize Savi, que teve câncer de pele após a morte de seu marido, Flávio Machado.

    Ele morreu em 2017 vítima também de um câncer, porém na região do peritônio.

    A comunicadora revelou que recebeu o diagnóstico de câncer de pele um ano depois da morte do companheiro e precisou passar por uma cirurgia.

    “Um ano depois que ele [Flávio] desencarnou, eu tive um câncer de pele. Nunca falei isso. No processo do hospital, eu já desenvolvi esse câncer de pele. Às vezes, você quer tirar da pessoa aquela dor e puxa para você”, disse.

    “Ele estava com câncer e eu acabei desenvolvendo aquela coisa do câncer de pele. Um ano depois, eu estava no centro cirúrgico fazendo cirurgia de pele”, completou.

    Rede de apoio

    Durante o bate-papo, Anne também compartilhou como foi afetada pela morte de Flávio.

    “Vai fazer seis anos que o Flávio se foi e o luto está passando agora. Depois de tanto tempo, eu ainda tenho algumas coisas do luto, da perda, que eu ainda não trabalhei, que eu ainda não consegui superar”, compartilhou.

    “É importante que nossa rede de apoio saiba que não existe o tempo certo do luto. Existe o luto que pode vir depois de um ano, depois de dois anos, depois de 10 anos, e pode surgir um negócio e falar: ‘Nossa, esse gatilho aí me derrubou’. E você vai chorar, você vai sofrer, você vai sentir dor e tudo bem. A dor do luto não diminui, pode passar o tempo que for. O que vai aumentando é sua vida em volta do luto”, falou.