Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Jovem viraliza ao ter lábio grudado na gengiva em formatura; entenda o que aconteceu

    Ana Carolina Abichequer, de 26 anos, conta o que aconteceu ao passar por momento de ansiedade em sua formatura, em 2019mas agora é história para contar

    Ana Carolina Abichequer passou por uma situação inesperada e engraçada em sua formatura
    Ana Carolina Abichequer passou por uma situação inesperada e engraçada em sua formatura Arquivo pessoal

    Beatrice Teizencolaboração para a CNN

    A empresária Ana Carolina Abichequer, de 26 anos, viralizou no TikTok depois de mostrar uma situação inesperada – e, no mínimo, engraçada – que passou em sua formatura de direito, pela PUC-RS, em 2019. No momento em que foi pegar seu diploma, o lábio superior da jovem grudou em sua gengiva e simplesmente não desgrudou.

    Seria nervosismo? Ana não soube explicar e, à época, escondeu o fato e as fotos com vergonha do que seus amigos e familiares iriam achar. Depois de muitas insistências, postou na internet e arrancou muitas risadas dos internautas e conhecidos.

    “Vou tentar explicar o que aconteceu. Acontece que eu também não sei. Foi em 2019, demorei para mostrar, tinha muita vergonha, pois as fotos ficaram horrorosas. Mas comecei a mostrar e as pessoas simplesmente choravam de rir e imploravam para postar”, contou no vídeo.

    @anaabichequer

    Tentando explicar o inexplicável kkkk acho q é isso #formatura #explicacaorapida #engracado #tragedia

    ♬ som original – Ana Abichequer

    Segundo Ana, ela estava sentada na primeira, fila, era janeiro e estava muito calor, com as luzes direcionadas bem em cima dela – fatores que podem ter colaborado para sua boca ter ficado seca. “E eu fui uma das últimas a ser chamada. Quando chegou perto do meu nome, a ansiedade batendo demais, senti minha boca simplesmente ‘pá’. Do nada ela levantou, tentei baixar com a mão, mas absolutamente nada que eu fizesse soltava”, explicou.

    Ela acredita que o calor, o nervosismo e a ansiedade contribuíram para o ocorrido. Até hoje não obteve um diagnóstico concreto, mas fez algumas buscas na internet que ajudaram a dar um caminho.

    “Foi caótica a situação. Eu rezo para que não aconteça no meu casamento, ou quando eu for ter filho. Que não aconteça com ninguém. Porque foi horrível. Mas pelo menos é uma historia para contar”, finalizou.

    Mas, afinal, o que aconteceu?

    Segundo Shigueo Yonekura, neurologista do Instituto de Tecnologia em Neurologia e Sono, como o ocorrido foi associado à forte emoção e não se repetiu mais, foi um espasmo transitório do grupo de músculos que circundam a boca chamado de músculo orbicular da boca.

    “O músculo orbicular da boca é que aquele que circunda a boca e permite contrair e fechar os lábios. É também conhecido como ‘músculo do beijo’ por ser usado para fazermos ‘bico’. Esse músculo tem duas partes: a marginal, que auxilia no fechamento da boca, e a labial, que projeta os lábios para fora. As duas partes desse músculo nos permitem fazer biquinho para beijar e outras expressões faciais”, explica.

    O especialista diz que o espasmo muscular pode aparecer em qualquer parte do corpo, como coxas, panturrilha, pés, ombro e braços, e entre as principais causas estão fatores emocionais, como ansiedade e estresse, além de desidratação, privação de sono, excesso no consumo de cafeína e até deficiência de nutrientes.

    “O espasmo transitório desencadeado por uma ansiedade não faz mal à saúde, mas pode causar algum incômodo e, no caso do rosto, pode ser esteticamente estranho”, pontua.

    Yonekura reforça ainda que, quando esses espasmos musculares começam a ser muito frequentes e prolongados, é importante procurar ajuda médica para avaliar o quadro. Nesses casos, pode ser necessária a intervenção por meio de medicamentos.

    “O caso de Ana Carolina pode estar ligado à emoção e à ansiedade diante do momento em sua formatura. Mas, quando algo do tipo acontece, e se for possível, compressa quente e massagem no local podem ajudar”, finaliza.